Artigo

O que assistir em junho nos cinemas

Sabe aquela sensação de que não devíamos perder um filme? Seja por críticas positivas, um elenco de primeira ou um diretor/roteirista que não erra a mão? Estas produções acabam ficando em nossas mentes. Existem também aquelas que pelas notícias publicadas por aí parecem ser bombas, mas mesmo assim não desejamos perder. Pois é exatamente disso que estou falando. Assim como vocês, eu não vi estes filmes e estou curioso. Portanto, vamos descobrir o que assistir em maio nos cinemas!

junho_0000_Layer 4

Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros (11/06)

Odeio usar jargões e clichês, mas O Parque dos Dinossauros foi um divisor de águas na história do cinema. Spielberg fundiu efeitos especiais, animatronics e uma boa história para criar uma aventura memorável. De lá pra cá vieram duas sequências que nunca conseguiram alcançar a magia do primeiro filme.

Esta quarta produção promete mostrar coisas que muitos apenas imaginavam. Como seria o parque aberto ao público e o caos que iria se instalar quando os dinossauros começassem a comer os visitantes. Sei que posso esperar uma boa quantidade de ação e efeitos de primeira.

junho_0001_Layer 3

Tomorrowland – Um Lugar Onde Nada é Impossível (04/06)

A Disney já acertou e errou quando tentou criar filmes baseados em atrações de seus parques, respectivamente Piratas do Caribe e A Mansão Mal-Assombrada. Com Tomorrowland eu fiquei com um pé atrás pelo roteiro de Damon Lindelof (Lost, Guerra Mundial Z e Prometheus, só para citar alguns) e outro na frente pelo diretor Brad Bird (dos excelentes Gigante de Ferro, Os Incríveis e Missão Impossível 4). Por que então colocar este filme na lista?

O diferencial da balança ficou por conta do elenco, que traz George Clooney, Hugh Laurie e Britt Robertson como trio principal e dos trailers, que mostram uma aventura com visual bastante imaginativo.

A crítica anda pegando pesado com este filme (principalmente seu terceiro ato) mas pretendo dar uma chance a um excelente diretor mesmo que todo mundo esteja xingando.

junho_0002_Layer 2

Divertida Mente (18/06)

Não muito tempo atrás, a Pixar era rainha suprema inquestionável do mundo das animações, mas parece que atualmente a Disney surrupiou este título com Frozen e Enrolados. Na verdade, desde Toy Story 3 o estúdio não emplaca um sucesso inquestionável de público e crítica.

Isso tem tudo para mudar com Divertida Mente, uma animação que transforma sentimentos em personagens que habitam e controlam a cabeça de uma garota. Todos os trailers deste filme foram muito bem recebidos e a ideia por trás da trama lembra os tempos em que a Pixar fazia animações “pensando fora da caixa”. Só não sei se conseguirei ver no cinema pois a Disney anda com uma política de não mandar cópias legendadas para Salvador.

Jessabelle – O Passado Nunca Morre (18/06)

O que seria de um mês de estreias no cinema sem um terrorzinho pra contar a história? O mês de junho é salvo pela assombração Jessabelle, que vai perturbar a pobre Jessie.

A garota sofre um acidente automobilístico, que além de lhe deixar paraplégica ainda mata seu noivo o bebê que estavam esperando. Como desgraça pouca é bobagem, ela acaba tendo que ir para a casa de seu pai, onde será assombrada pelo fantasma do título, que pode ou não ter relação com as circunstâncias misteriosas por trás de seu nascimento. Uma colcha de retalhos cheia de sustos, ideal para um leitor do Mundo Freak.

junho_0003_Layer 1

A Espiã que Sabia de Menos (04/06)

Assim como em Kingsman – O Serviço Secreto (se não viu, veja), A Espiã que Sabia de Menos faz uma grande homenagem aos filmes de espiões dos anos 60. Podemos dizer que estes filmes são mais “Bond” do que aqueles estrelados pelo Daniel Craig (não entenda errado, eu sou fã desta nova fase do espião britânico).

Neste filme, Melissa McCarthy faz uma funcionária da CIA que precisa se tornar uma espiã de verdade para salvar o mundo. Como ela está muito distante do “material” necessário para um espião de cinema podemos esperar muitas piadas com este período de adaptação.

Quando bem dirigida, McCarthy rende excelente momentos, como pode ser visto em Mike & Molly e Missão Madrinha de Casamento. Além dela ainda temos Jude Law e Jason Statham bancando 007 em cena. Portanto, se quer dar risada numa sala de cinema vendo um filme despretensioso, acho esta uma boa pedida.

Também poderiam estar na lista: Segunda Chance (04/06), Bessie (27/06), Lugares Escuros (18/06).

MUNDO FREAK NO APOIA.SE

Desvendando os Mistérios dos Sonhos | MFC 415