Artigo

[Games Clássicos] Nightmare On Elm Street

Cansada de não escrever nada e pensando na vida, cheguei a conclusão que poderia trazer algo de útil em nosso blog e que além de postar minhas meras palavras, dividir e interagir com quem tiver o interesse do mesmo assunto: Jogos Antigos , nostálgicos ou não.

Para começar esta série (quem sabe vira coluna) escolhi um jogo que fez parte da infância de muita gente, renegue ou não ele existiu.

Lançado em 1989 pela Nintendo, Nightmare On Elm Street chegou as telas dos gamemaníacos trazendo a querida indesejada figura de Freddy Krueger para dentro dos sonhos pixelados.

Devido ao grande sucesso cinematográfico da série A hora do Pesadelo, a Nintendo trouxe para o Super NES o que seria maior sucesso de terror para o seus console, o jogo não alcançou o sucesso espero, devido vários fatores consideráveis, mas que pra mim não fez muita diferença, pois a lembrança que este me traz vale a diversão.

Eu me lembro claramente da emoção que este jogo foi na minha vida, primeiro porque eu NÃO tinha um vídeo game e dependia dos irmãos mais velhos dos meus amigos, pois eles eram os donos dos consoles e nós meros “mais novos” tínhamos que esperar nossa vez.  Até hoje quando reencontro meu amigo de jogos da época comentamos o quanto Freaddy tentou nos assustar neste jogo, mas que somente nos arrancava muitas risadas.

O jogo de época em 2D possuía a premissa básica de que o jogador controlava um adolescente que passava de fases pulando e matando através de socos cobras, aranhas e ratos gigantes, além de desviar de pedras que caiam do céu. Ainda na Rua Elm você obtém acesso á edifícios para coleta dos ossos de Freddy, isso tudo ainda acordado. A partir daí você é direcionado para o mundo dos sonhos, na realidade continua no mesmo ambiente, mas com aquele clima sombrio de terror e trilha sonora que provocam tensões.

Após coletar os ossos você passa a enfrentar os “chefes” do jogo, entre eles uma garra gigante do Freddy, uma cabeça do Freddy mascando um pescoço, um morcego com cabeça de vampiro, um fantasma do Freddy até enfrentar o próprio Freddy no final. A cada chefe derrotado você ganha uma chave que te leva de volta para Rua Elm no mundo real.

O jogo mesmo na época era considerado muito tosco, as cenas são repetitivas e o gráfico muito feio e confuso, pois quando jogávamos a noite era até complicado de entender cada fase e não causavam medo algum.

Informações técnicas:

Título: A Nightmare on Elm Street

Desenvolvedor: Rare Ltd.

Editora: LJN Ltd.

Data de Lançamento: Outubro 1989

Se você quer ver sua história junto com os jogos que marcaram sua vida, deixe seu comentário e conte-nos sua versão, que a próxima nostalgia pode ser a sua!

MUNDO FREAK NO APOIA.SE

A Fantástica Abdução de Artur Berlet | MFC 414