Artigo

D&D 5º Edição, Eu não aturo mais

Para quem não sabe,  sou muito fã de RPG, jogo dês que tinha apenas 12 anos de idade antes mesmo de ter livros. Era só imaginação, lápis e borracha acompanhados de uma ou duas folhas de papel, bons tempos.

Vamos para o assunto titulo desta postagem. D&D 5º Edição, não precisa correr para as colinas ainda, só esta no forno, pelas noticias que vi ainda demorará ao menos uns 2 anos para seu lançamento, atualmente estão para ser iniciados os jogos testes do sistema, isto é, pra nova edição ser lançada é só questão de tempo.

Depois da enxurrada de criticas negativas do D&D 4º edição, que até me agradou (e te agradaria também se encarar como um jogo totalmente novo), e o sucesso feito pela Paizo com Pathfinder, a Wizzard parece que quer retornar as origens – coisa que não chega a ser novidade, atualmente tudo esta voltando às origens.

Até então temos a volta de Monte Cook, uma forte referencia do cenário do D&D 3º edição e claro, adorado pelos fãs mais ferrenhos do sistema. O cenário oficial deve ser Forgotten Realms e com a promessa de infinitas expansões para um cenário que já é praticamente infinito.

Bom, Eu, Rafael M. Jacaúna lhes digo, não comprarei os livros da 5º edição (a não ser que esteja com MUITA, e digo MUITA grana sobrando no bolso), pois além do novo rio de dinheiro para tantos livros, não disponho nem de tempo nem de espaço físico para mais livros em parte nenhuma de minha morada.
Sinto vontade de jogar, mas não estou disposto a ser otário de gastar mais dinheiro com um sistema que parece sacanear seus fãs de forma tão banal.
Hoje estou preferindo jogar  O Mundo das Trevas.

MUNDO FREAK NO APOIA.SE

Aconteceu Comigo #59 | Locais Mal Assombrados e Mr. Noob