Mundo Freak Confidencial 92 – O monstro do Lago Ness

Loch Ness, Escócia. Na neblina, surge uma sombra no meio da névoa. Sua lenda ultrapassa séculos, talvez milhares de anos e apenas os mais afortunados talvez tenham ficado cara a cara com esse ser. Conhecido como: O monstro do Lago Ness.

Nesse episódio do Mundo Freak Confidencial, o investigador Andrei Fernandes chama Lucas Tezotto, Diego Shirmer e Igor Alcantara para mergulhar na verdade, vestir kilts, usar barcos, tirar fotos, tudo isso para caçar uma das maiores mitos dos dias de hoje.

Hipertrophia Body Wear, sua loja carioca de fitness e moda praia;

Download do episódio compactado em formato RAR. Clique aqui com o botão direita e selecione “Salvar Link Como”.

ATUALIZAÇÃO: GALERA QUE VAI NO CINEMA, O LUGAR FOI ALTERADO PARA O SHOPPING C3 COM MUDANÇA DE HORÁRIO. CLIQUEM AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES. 

Comentado nos recados!

Comentado no episódio!

banner

assineCole esse linno seu agregador de feed ou no iTunes na opção “Assinar Podcast” na aba “Avançado“. Se seu iTunes for o mais atualizado apenas coloque “Assinar podcast” na primeira aba do menu. Ou assinar direto pela iTunes Store, clicando nesse link.

E-mail

Se quiser assinar nossos programas e receber mensagens quando um novo episódio é lançado, faça o seguinte:

  1.  Clique no botão abaixo!
  2. Uma nova janela irá se abrir, então clique em “Use Recipe”!
  3. Efetue o cadastro com o e-mail que use com frequência e ao final clique em “Create Account” 
  4. Clique novamente em “Use Recipe” e pronto!

IFTTT Recipe: Receba os episódios do Mundo Freak por e-mail! connects feed to email

msg

Entre em contato com a gente, deixe seu comentário, sua revolta ou sua solução! Mande e-mails com sugestões, críticas, elogios, spams para contato@mundofreak.com.br ou siga-nos Pelo Twitter e curta nossa página do facebook.

Sobre Andrei Fernandes

Ver todos os posts

Falando de podcast com muita ousadia, alegria e misantropia. Também autor do livro Kalciferum, chanceler supremo do Freakstão e morador de Setealém.

174 Comentários

Participe da conversa →

[fbcomments]
  • Charmander

    Andrei, segue sugestão para o MFC 100: Ashtar Sheran – Vida e Obra.

    • Nope

      • Fim do Universo

        Opa, mas não tava nas promessas do crowdfunding do livro?

        • Agatha Gonçalves

          Sim!

      • Jacarepaguá – FÊNIX Reptiliana

        Amigo, infelizmente o episódio 100 já foi anunciado o tem algum tempo… Vai ser sobre Taquara e o Pastel da Mananciais… Pastel com recheio de verdade, isso só pode ser magia negra.

        • Amém

          • Jacarepaguá – FÊNIX Reptiliana

            Pra glorificar de pé, igreja!!

    • Perfeito!

      • Vitor Urubatan

        Cara Igor cadê tu meu irmão?
        Estás de férias do MFC?

        • Estava de mudança de cidade, super enrolado.

          • Vitor Urubatan

            Cara que falta tu faz velho hahaha!

    • Agatha Gonçalves

      Concordo!

    • Esse tema está guardado para o episódio 500. Nesse dia, faremos um ritual sacrificando 7 bodes, e um vão se abrirá nas ondas internéticas do wi-fi de cada ouvinte; todos poderão presenciar ele, o salvador dos mundos, o comandante da frota estrelar, o loirão onipotente, a chapinha omnisciente, a luz omnipresente dos lindos olhos azuis de Aashtar.
      <3

  • Fim do Universo

    Time de peso!

    • Sir Jones Kast, Ph.D.

      Tem no Nerdcast, peso máximo.

      • Jacarepaguá – FÊNIX Reptiliana

        Papo de gordo e pá…

  • Jacarepaguá – FÊNIX Reptiliana

    Veio da umbra e já voltou pra lá… caso resolvido. =D

  • Henrique Mayer

    Porra Diego, o Dragão de Komodo cara, esqueceu o maior case da cryptozoologia.
    Nunca acho os links que o Andrei deixa no post =/

    • Sir Jones Kast, Ph.D.

      Por que o dragão de komodo está em um caso de cryptozoologia? É um “simples” réptil pré-histórico. Tubarões são criaturas pré-históricas, só diminuíram de tamanho. Celacanto é um peixe pré-histórico, um fóssil vivo e tantos outros animais mais que ainda existem desde tempos muitos remotos.

      • Raul Mendonça Siqueira

        O dragão de komodo já foi lenda, depois descobriram que o bicho existia mesmo.

      • Vitor Urubatan

        Se for pensar no fundo do oceano deve existir uma infinidade de criaturas que sejam mais antigas do que tudo que já encontramos vivo na Terra.

        • Sir Jones Kast, Ph.D.

          Sim. Inclusive, Aliens.

      • Henrique Mayer

        É o que acontece com a criptozoologia, ao estudar lendas e mitos sobre criaturas, imaginárias ou não, muitas vezes se descobre que a criatura é real, além da lista de animais que o Diego comentou, o dragão de komodo era uma lenda desacreditada. Imagina quem teria o “culhão” de acreditar em um relato de um dragão, do tamanho de um cachorro, que corre muito rápido, é extremamente violento e solta ácido pela língua? Em 1910, holandeses documentaram pela primeira vez o “bichinho”. Após a criptozoologia confirmar a existência, a espécie passa a ser estudada pela biologia, para um Ph.D. poder dizer que o dragão de komodo, ornitorrinco e outras lendas não são casos de criptozoologia.

        • Sir Jones Kast, Ph.D.

          Ácido pela língua? Bactérias, meu caro, bactérias.
          Ornitorrinco é lenda?

          • Foi por muito tempo antes de ser catalogado pela academia. Até o rinoceronte foi lenda.

          • Henrique Mayer

            Tu tens um sério problema com interpretação de textos amigo. A LENDA dizia isto sim. Após documentarem a espécie e estudá-la é que descobriu que eram bactérias. Ou tu acha que a população local, nos idos de 1900 sabia a diferença entre a ação de um ácido e a ação de uma bactéria?
            E sim o ornitorrinco também foi uma lenda.

      • Diego Schirmer

        Cara, confirmando o que o Henrique disse, o dragão de komodo foi sim um criptídeo, estudado pela criptozoologia antes de ser confirmado e estudado pela biologia em si…

    • Diego Schirmer

      Putz, esqueci de citá-lo na hora!

  • Augusto Neto

    Um podcast inteiro sobre o monstro do lago ness…
    Poxa vida :p
    Ainda não ouvi, mas que coisa mais broxante.
    Lendas tipo o Monstro do Lago Ness TEM que ser trazidas, afinal são super famosas e importantes, mas acho que um podcast focado não apenas em uma mas em várias lendas (Tipo um mix de NightCrawlers, Jersey Devil e Wendigos) seria melhor.
    Ainda vou ouvir, e espero que eu me surpreenda.
    Amanhã volto pra deixar meu feedback.
    (E dessa vez eu volto mesmo :v)

  • Sir Jones Kast, Ph.D.
    • Jacarepaguá – FÊNIX Reptiliana

      Achei digno.

  • Bizarro

    Acho que esse é o caso “mais famoso” de criptozoologia. Nenhuma outra criatura conseguiu tanto destaque na cultura pop quanto essa. Particularmente gosto de um episodio da serie clássica de Doctor Who, onde o Monstro é “apenas” uma arma de destruição dos Zygons haha.

  • Sonho

    Puta que pariu!!! Dá pra ver a silhueta de 2 barbatanas semelhantes as do Plesiossauro no que seria o lado direito do corpo do suposto monstro no tal vídeo. Meus pelinhos céticos se eriçaram.

  • Até no Chico Bento teve menção ao monstro

    • Agatha Gonçalves

      Uiaa hahahah Esse monstro ai, se pá tá parecendo um dragão.

      • Vitor Urubatan

        Dragoa do Shrek:

        • Agatha Gonçalves

          AHsuahihs parece mesmo.

  • Vitor Urubatan

    Bom dia povo freak.
    Simbora ouvir cast líder da sexta-feira.
    Esse tema promete.

    • Agatha Gonçalves

      Bom dia manooo

      • Vitor Urubatan

        É “nóis” irmã!

        • Agatha Gonçalves

          Parece dois mano falando uAsiuHAs

          • Vitor Urubatan

            Rsss podes crer.

  • Agatha Gonçalves

    Eee o master cético voltou. Confesso que senti falta hahaha
    Bora ouvir :)

  • Raul Mendonça Siqueira

    Olá Freaks!
    O cast está bom, mas esse assunto já está muito batido.
    Eu acho o mokele-ubembe muito mais interessante e muito mais passível de ser um caso criptozoológico.
    Pra mim, Nessie é simplesmente um dragão, uma criatura da 4ª dimensão.
    Desculpem, mas vou ficar devendo um embasamento mais elaborado esta semana…
    #IWANTTOBELIEVE
    Bom fds a todos.

    • Jacarepaguá – FÊNIX Reptiliana

      Não apelaria para criaturas umbrais(4º dimensão) tão cedo, apesar da minha piada anterior… Acredito mais um dinossauro(especie, não o mesmo) sobrevivente. Mas deve ter chegado a extinção por falta de procriação.

      • Raul Mendonça Siqueira

        É plausível, igual o Mapinguari que na verdade é a preguiça gigante.

  • Leonardo M Alves

    Freakers eu acredito que a muito tempo, um aldeão viu um peixe muito grande nesse lago e cada vez que ele contava essa história, o peixe aumentava de tamanho e mudava de formato, e com o passar dos anos várias pessoas também contavam essa história mudando ela do seu jeito. Anos depois um padre decide usar essa lenda para conseguir mais devotos para sua religião, dando uma lenda local mais fama e a transformando em uma história de monstro. O que veio de lá até os dias de hoje não são nada mais do que rumores e achismos. Gostei do debate, mas não muito do tema.

  • As simbologias religiosas dos monstros sempre representam o monstro interior que se tem que combater, toda medusa, dragões, minotauros, demônios, hidras, são apenas representações dos monstros interiores e a santidade é dada àquele que vence esse monstro (a si mesmo). O ser humano na sua ignorância sempre interpreta literalmente essas coisas.

    • Vamos com calma, também gosto muito dessa simbologia da psique humana, mas várias criaturas tem raízes em evidências mais físicas, como a relação entre os dragões e os fósseis. Já as histórias que se faziam dessas criaturas, aí é o ser humano sendo ser humano como tu bem falou.

  • Leonardo M Alves

    Preconceito com as pessoas de São Gonçalo não, nós estamos melhorando, temos internet agora e até asfalto em alguns lugares. E Andrei bater e correr é a melhor estratégia que existe.

  • Zuke Skywalker
  • Jacarepaguá – FÊNIX Reptiliana

    Episodio de Asthar ta chegando!!

    • Episodio de Ashtar já foi. E ainda não foi. É e não é. Será e nunca será. Ashtar está aqui, lá, em todos os coraçõeszinhos!

      “Se o seu coração tem buraquiiiiiiinhos…”

      • Lucas, não responda isso alcoolizado, poxa. Chama a gente para beber pelo menos, só assim para te acompanhar. ahahaha

        • Elba Ramalho curtiu isso.

          (para entender essa referência: aguarde)

  • Zéca Moura

    tinha um microfone da primeira guerra mundial na gravação

    • Agatha Gonçalves

      Tinha mesmo, ia até comentar isso…

    • Nosso correspondente de guerra

    • Era o meu.

      • Estava com a nenê no colo? Parecia barulho de pé de nenê passando no microfone.

    • As de Copas

      parece que tem alguém com frio no microfone kkkk

    • Henrique Tavares

      Era isso? Parecia que tinha alguém se coçando durante o programa inteiro :p

  • Jacarepaguá – FÊNIX Reptiliana

    São Columbano que mandou ele de volta para a Umbra.

  • inuyashagui

    Não resisti e tive q sair do meu esforço pra romper o lacre da arvore aqui. São Columbano vai assombrar o Igor… Matador de Pombo!

  • Diego Camilo

    baixando… faltou o jacauna! rsrsrs

  • Agatha Gonçalves

    Bacana o cast.
    A maioria das coisas ditas eu já havia pesquisado e lido a respeito, porque esse assunto é mega batido, mas é um cast totalmente NECESSÁRIO para o Mundo Freak visando a sua temática.
    Que bom que o Igor voltou com suas justificativas, senti falta disso.
    Estreia muito bacana do Diego, entende bem do assunto ou estudou bastante.
    E o Lucas, depois do Andrei falar que ele é “tarado” perdeu toda a credibilidade hahahahahhaha

    Faloooou ;)

    • Juliana Ponzilacqua

      concordo em númbaro, gênro e degrau ;)

      • Agatha Gonçalves

        Aeee o/

    • Diego Schirmer

      Opa! Valeu! :D

      Sempre fui muito fã de criptozoologia, há anos estudando estes bichinhos maneiros!

      • Agatha Gonçalves

        Está de parabéns, mas você já fala bem pelo que escuto nos áudios lá no grupo do whats. Foi fácil pra você haha

        • Diego Schirmer

          :D <3

          Hehe

    • Obrigado, Agatha! Foi bom mesmo voltar.

  • Dani Medeiros

    Andrei estou decepcionada com seu lado cético! Acreditem no monstro HAHAHA

    Fora isso o cast foi bem legal, eu já conhecia bastante coisa mas foi necessário. Gostei muito do debate entre os believers e os céticos, ficou bem legal!

    • Deu peninha do monstro ne hahaha. Mas é só capturar um Lapras que tá tudo resolvido.

      • Dani Medeiros

        Faltou sua opinião cética culta nesse cast! Haha

    • Então sou cético inculto? LUCAS VAI HOSTEAR ENTÃO ADEUS MUNDO CRUEL

      • Cara, de culto eu só tenho o c*, falta o lto ainda. Hahahaha

    • As de Copas

      o monstro não existe, POR QUE O MEGALODON COMEU ELE O/

  • Inoue

    Duas coisas ficam comprovaras nesse podcast,a LENDA do monstro é verdadeira e alguém (acho que o Igor) tem um microfone muito ruim.
    Vida longa e próspera.

  • Felix Maciel

    Uma curiosidade sobre o Lago Ness é uma propriedade localizada as margens dele, o “Casarão” Boleskine que já foi ocupada por ninguém menos que Aleister Crowley, o famoso e controverso ocultista, e também por Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin (duas “monstruosidades” em suas áreas, com o perdão do trocadilho).

    Cara, ótima participação do Diego a ponto de balançar corações céticos.

    Se o monstro existe, um animal de proporções gigantescas e que deve pesar algumas toneladas, seria difícil retirá-lo do lago. Logo, a fim de proteger uma espécie rara (e poder estudar o animal da forma menos danosa possível) é possível que pesquisadores tenham optado por manter a existência dele em segredo.

    Mas a Escócia sempre terá sua Lenda ;)

    • Diego Schirmer

      Cara, muito foda este seu comentário sobre a mansão Boleskine, adiciona ainda mais mistério à discussão!

      E obrigado pelo elogio Felix!

      • Felix Maciel

        Po, fico felizão em poder contribuir ;)

    • Muita foda essa info. Valeu!

  • Teikerize

    Muito bom o programa!
    Muito boa a participação do Lucas no time, volte sempre!
    E fica o abraço-poli-amor aqui para quem precisar <3

  • Ilustração que fiz desse grande ícone! Comentei o Cast pelo o face, então aqui só vou resumir dizendo que acredito na criatura, que ele já deve ter morrido há tempos, e tenho a teoria que ele estava preso no lago, entrando lá pelo os rios quando pequeno e não podendo mais voltar ao mar depois de crescido. Na fase adulta acabou morrendo por escassez de alimento ou outra causa. Um espécie que talvez tornou-se extinta sendo ele o ultimo exemplar, ou então seus familiares são das grande profundezas marinhas e lá ainda vivem, não sei.

  • Ilustração que fiz desse grande ícone! Comentei o Cast pelo o face,
    então aqui só vou resumir dizendo que acredito na criatura, que ele já
    deve ter morrido há tempos, e tenho a teoria que ele estava preso no
    lago, entrando lá pelo os rios quando pequeno e não podendo mais voltar
    ao mar depois de crescido. Na fase adulta acabou morrendo por escassez
    de alimento ou outra causa. Um espécie que talvez tornou-se extinta
    sendo ele o ultimo exemplar, ou então seus familiares são das grandes
    profundezas marinhas e lá ainda vivem, não sei.

  • Muito bom voltar. :)

    • SAUDADES CARA! <3

    • muito bom ter você de volta: um cético que não zomba dos outros e sabe pontuar sua opinião com fatos e não com frases do tipo: “é mimimi”.

    • AslanternaRisesFromTheGrave

      Alô Igor, pensei que não voltarias mais ao MFC…

      Pelo dito aí, aconteceu muita coisa. Você mora nos EUA. Aí tá uma loucura com a definição dos candidatos a presidente pelos partidos Republicano e Democrata. Que tal um Temacast sobre o sistema eleitoral estadunidense? Toda vez que tento entender, me confundo mais. Na verdade, ele é tão complexo, tão maluco, que inspirou um tema para um MFC aqui: Os presidentes americanos e afiliação a sociedades secretas. Bem, não sei se tem presidente que fez parte de sociedades além da maçonaria (que nem bem é secreta). Mas fica as sugestões em meu entrópico comentário americanista… :P .

  • Paulo Schroeder

    Esses céticos tem que ver esse tipo de coisa com outros olhos, não pensem como um monstro(apesar que é muito mais legal pensar assim), pensem como uma espécie de anfíbio ou réptil que ainda não foi documentada oficialmente.

    Esses caras tem que ter mais amor no coração.
    Eu quero acreditar ;)

    • Nesse caso posso responder pelos céticos, já que nesse fui um desses. A 100 anos atrás, vários animais da nossa fauna eram considerados monstros criptozoologicos. Ornitorrinco, dragão de komodo e etc… Pq eram espécies só existentes em certas áreas muito isoladas ou porque vivem muito escondidos. Hoje em dia só animais quase extintos conseguem se esconder, e muito do mais ou menos, já que graças a tecnologia estamos captando a presença deles por mais que permaneçam ainda em regiões isoladas e bem escondidos da civilização e predadores. Algo como esse suposto animal nunca ter sido oficialmente documentado é simplesmente impossível. Há 50 anos atrás talvez pudesse acreditar, com nossas capacidades nem um pouco. E por mais que o lago seja imenso, ainda sim é uma região ínfima como mares e oceanos, em que já documentamos muita coisa monstruosa. Como o Kraken. ;)

      • Paulo Schroeder

        Calúnias e falácias, é só isso que leio desses céticos. Não é possível um animal de porte médio pra grande viver no lago, hibernando de sei lá quantos até sei lá mais quantos anos? Só por quê nas poucas vezes que fizeram as sondagens não encontraram (e mesmo assim existem as controvérsias) não quer dizer que o bicho não esteja lá. Se é uma espécie ainda não documentada, como saber que tipo de hábitos e habilidades eles não possuem?

        O mundo não fica muito mais interessante quando esse tipo de coisa existe? Abre um pouco esse coração e deixa Ashtar tomar conta Mr. Andrei XD

        • Então. Não. hahahaha =P

        • Vale lembrar que um animal chamado Okapi, metade zebra metade girafa, era lenda na África e piada na biologia, até documentarem um de verdade hahaha.

          • Paulo Schroeder

            OLHA AÍ!
            É tudo verdade, algum dia vão provar definitivamente a existência da Nessie e o Andrei vai dizer que sempre foi fã.

          • Hahaha ele vai dizer: “nunca critiquei e quem criticou será cobrado”

  • Muio foda ver o Tezotto participando com frequência, e o Igor de volta!

    • Diego Schirmer

      Porra, é uma honra!

      Muito obrigado!

      • Quem sabe a gente ainda grava junto um dia desses?

        • Diego Schirmer

          É só o chefe querer me chamar… ;)

  • hellbolha2

    Olá Andrei, poderoso protetor dos mares Bolivianos conhecido como Hombre-Sirena! Olá, Lucas e Diego, Mexilhõezinhos e parceiros do Hombre-Sirena na luta contra o desmatamento das algas canoras de la costa Bolivenha. E bem vindo de volta, Igor, flagelo das aves cujos retos são verdadeiras máquinas de cag…”matar”.

    Estou extasiado com esse episódio! Não apenas por ser fantástico, como sempre, mas por tratar de uma criatura que conquistou meu interesse de modo bem peculiar: Através das figurinhas dos Chcocolate Surpresa.

    Dentre todas as criaturas estampadas nas tais figurinhas, o Plesiossauro me chamou mais a atenção, pois sempre imaginei que tipo de coisas poderiam viver sob os mares. E a ideia de uma criatura tão colossal e assustadora me faziam sentir calafrios e, ao mesmo tempo, um fascínio inexplicável. Sempre que abria o álbum dos meus primos (já que, baixa renda que era, não possuía um) ia direto para a parte onde estava a figurinha do gigante marinho e lia e relia a sua descrição com o mesmo espanto que tivera na primeira vez.

    Qual não foi minha surpresa quando, um pouco mais velho, descobrir que o tal Monstro do Lago Ness que tanto ouvira falar mas que nunca dera atenção, poderia ser um Plesiossauro ainda vivo nos dias de hoje! Desde então esse tem sido um assunto que me deixa eufórico a cada nova possível evidência de sua real existência. Mesmo que tais evidências estejam se tornado cada vez mais raras mesmo tendo em vita todo o aparato tecnológico que temos disponível nos dias de hoje. Claro que isso pode ser a prova definitiva que a criatura não exista, mas prefiro crer que ela é esperta e se esconde da presença humana “like a ninja”.

    Eu ainda creio que o bicho nada mais seja que uma criatura ainda não catalogada. Afinal, ainda existem muitas delas mar afora. Porém, um fato curioso aconteceu após o tsunami que atingiu o Japão em 2011. Após as águas recuarem, novas espécies de peixes abissais foram encontrados em terra, entre eles havia um que me chamou a tenção pela sua forma familiar. Inclusive, lembra um pouco a criatura da foto área que foi citada no cast, só que em menor escala. Segue a imagem em anexo para tirarem suas próprias conclusões:

    http://photos1.blogger.com/blogger/3760/1725/1600/chimaera_pup1.jpg

    • FINALMENTE uma criatura de nariz maior que o meu. Me sinto em paz.

      • hellbolha2

        Os Lucus Bahamutus saíram dos mares para se tornarem seres que tem fotos de perfil que parecem o Alf aos olhos de míopes e participarem de podcasts hosteados por Xuxas carbonizadas.

        • Aaaah se toda Xuxa carbonizada fosse tchuca como você.

          Semana passada, estava em uma loja de caça e esportes outdoors aqui no EUA. Lá tem vários gorrinhos de animais diferentes pra comprar. Infelizmente, não tinha de demônio do cangaço.

        • vc descreveu um blob fish. ahahahaha

      • Lucas Narigudo é uma lenda. XD

    • Que peixe bizarro, cara! o.o

  • Diego Gonçalves Teixeira

    Ótimo Cast! Vai entender…. o Igor é cético mesmo tendo um espirito/demônio sussurrante no microfone dele falando junto com ele toda vez.

  • As de Copas

    filme infantil falado no começo do cast

  • As de Copas

    provando realmente que a foto mais famosa do monstro é fake, segue a prova!

    • Ovo com Fundo Roxo

      Um Dumbo brasileiro! Muito bom!

      • As de Copas

        esta provado que era tudo uma montagem ! Proximo casoo

    • faltou a coca-cola na tromba. ahahahaha XD

      • As de Copas

        realmente kkkk

  • Ovo com Fundo Roxo

    Ainda não acredito que ninguém fez a imagem!

    Voltando ao tema, acho difícil existir, afinal, é um suposto animal enorme em um lago não tão grande, e mesmo sendo verdade, se nunca mais foi visto, talvez já tenha morrido.

    Enfim, bem vindo de volta Igor, “se aprochegue” Diego, e vamos para a próxima, pois já passei vergonha falando inglês com o Bahamut, então está bom por hoje!

    • As de Copas

      Em largura nem tão grande mas em profundidade sim, mas eu tenho a teoria que seria de que alguém queria esconder algo naquele lago e criou o misterio, um submarino talvez ?

      • Ovo com Fundo Roxo

        O mistério não atrairia ainda mais atenção?

        • As de Copas

          bem mais, algo que da URSS que poderia mudar o curso da historia ‘-‘ Já me deixa muito mais animado do que o monstro kkk

  • Homero Luz

    Sou do time que acha que o mundo seria muito mais divertido com monstros gigantes e aliens por ai, mas agora pensando bem, um bicho grande destes é muito difícil ainda não ter sido descoberto, agora um off topic alguém já ouviu falar do bradador?

    • Bradador? Não, nem se quer entendi o que a palavra significa. Por favor, poderia explicar? Fiquei curioso.

      • Homero Luz

        Bradador, segundo o que dizem é algo que habita as matas aqui do Parana, ele vem se você grita e grita no seu ouvido, mas todo mundo tem medo, pessoas proximas ja disseram que viram ele, as matas que ele aparece são proximas a onde apareceu o xupa cabras, ai divergem se ele o bradador, é um animal, alien, eco dapessoasgs gritando,ou como diria o Rafael o demonio.

        • Vitor Urubatan

          Pow cara interessante criatura.
          Muito interessante.

          • Homero Luz

            Então queria saber se mais alguem ouviu falar, sei que no portal fenomenum falam de leve sobre ela.

          • Vitor Urubatan

            Isso me faz lembrar que tem uma série de criaturas bizarras (Lendas e etc) aqui nas nossas terras.

            Uma delas que me lembro era um tipo de ser que não tinha pescoço ou cabeça. Mais parecia um tipo de muro com pernas e braços e uma boca gigante onde seria teoricamente a barriga do ser.

            Vou ver se acho algo na internet, mas sei que era bizarra a parada.

          • Homero Luz

            Cara tem muita lenda bizarra legal no Brasil rendia bons episódios.

          • Já tem alguns episódios nesse tema. Todavia, é complicado falar só do mito sem ter material sobre o mesmo, como entrevistas, relatos, fotos, casos específicos com nomes e lugares pra citar, etc. Sem material, o episódio do MDC duraria 20 minutos.

          • Homero Luz

            Sim eu entendo que é eificil construir uma pauta assim, acho até que o melhor canal seria grupo no facebook para funcionar como um hub sobre lendas bizarras brasileiras

        • Isso é estranho, mas tenho uma vaga lembrança de já ter ouvido uma história parecida com essa há muitos anos.

        • Conheço várias criaturas que berram no ouvido toda vez que encontro elas. Hahaha complicado.

  • Como me sinto quando dou play no MFC:
    https://www.youtube.com/watch?v=bIT-1HUpl4E

    • wut

      • “Time for lunch. Much! Much!
        Time for a munch. Crunch! Crunch!

        Munch! Munch! Crunch! Crunch!
        Munchy! Munchy! CRUNCHY! CRUNCHY!

        • medo dessa porra… podia ter guardado pros próximos vídeos bizarros, hein??

  • Fala, freaks! Que saudade de comentar aqui no site
    Adorei o cast! Curto muito a história do Monstro do Lago Ness, e, independente de se ser cético ou não, investigar essas histórias com vocês é muito bom! Enfim, queria comentar algumas coisas em particular do episódio em si
    1) O vídeo que foi citado no final do programa se trata, na verdade, do making off do filme Incident at Loch Ness de Werner Herzog.
    2) Não dá pra não considerarmos que grande parte dos avistamentos começaram a acontecer depois que o assunto começou a ser mais difundido, e com certeza a maior parte dos avistamentos não passaram de pareidolia pura e simples. Agora, não dá pra negar que existem alguns registros interessantes. Pra começar o vídeo do Gordon Holmes que vocês mencionaram (que não é o do link citado no cast.. na verdade é esse aqui https://www.youtube.com/watch?v=HtPlz14qFOA). Claro que depois a gente pode acabar descobrindo que tudo não passava de uma “brincadeira”, mas, muito interessante. Porém, o registro que acho mais fascinante foi feito também por Robert Rines. Não sei se é essa a foto de sonar que vocês mencionam em dado momento, mas como não constava link nenhum, achei válido compartilhar. Interessante e assustador, não? Pelo que andei pesquisando, ninguém chegou a refutar a veracidade da imagem nem a encontrar uma explicação alternativa plausível, o que mantém o mistério.
    E vamos combinar que a descoberta de inúmeras cavernas submersas no Lago Ness é muito interessante também.
    PS: Na história do Meu Monstro de Estimação, o Monstro do Lago Ness foi criado por um menino e é na verdade um Cavalo D’água que ficou grande demais pro laguinho em que morava e que foi deixado no Loch Ness por esse mesmo garoto, que achava que lá era grande o bastante pro ser mitológico conseguir viver em relativo sossego.

  • Fala, freaks! Que saudade de comentar aqui no site
    Adorei o cast! Curto muito a história do Monstro do Lago Ness, e, independente de se ser cético ou não, investigar essas histórias com vocês é muito bom! Enfim, queria comentar algumas coisas em particular do episódio em si
    1) O vídeo que foi citado no final do programa e que teve o link deixado aqui no site se trata, na verdade, do making off do filme Incident at Loch Ness de Werner Herzog. Acho que na verdade vocês estavam se referindo a esse vídeo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=HtPlz14qFOA, feito por Gordon Holmes.
    2) Não dá pra não considerarmos que grande parte dos avistamentos começaram a acontecer depois que o assunto começou a ser mais difundido, e com certeza a maior parte dos avistamentos não passaram de pareidolia pura e simples. Agora, não dá pra negar que existem alguns registros interessantes. Pra começar o vídeo do Gordon Holmes que vocês mencionaram. Claro que depois a gente pode acabar descobrindo que tudo não passava de uma “brincadeira”, mas, muito interessante. Porém, o registro que acho mais fascinante foi feito também por Robert Rines. Não sei se é essa a foto de sonar que vocês mencionam em dado momento, mas como não constava link nenhum, achei válido compartilhar. Interessante e assustador, não? Pelo que andei pesquisando, ninguém chegou a refutar a veracidade da imagem nem a encontrar uma explicação alternativa plausível, o que mantém o mistério.
    E vamos combinar que a descoberta de inúmeras cavernas submersas no Lago Ness é muito interessante também.
    PS: Na história do Meu Monstro de Estimação, o Monstro do Lago Ness foi criado por um menino e é na verdade um Cavalo D’água que ficou grande demais pro laguinho em que morava e que foi deixado no Loch Ness por esse mesmo garoto, que achava que lá era grande o bastante pro ser mitológico conseguir viver em relativo sossego.

  • Henrique Tavares

    Uma coisa… quem que tava se coçando durante toda a gravação? Tinha momentos em que o som parecia estar mais alto do que as vozes e eu simplesmente não consegui me concentrar no que tava sendo dito!

  • Henrique Tavares

    Gente, o que era aquele som durante o programa como se alguém tivesse se coçando? Às vezes tava mais alto que as vozes, tava bem difícil prestar atenção…

    • tbm ouvi isso. Acho que era um pé de nenê passando no microfone. rs

      • Caraca que cena bizarra. Imaginei um bebê com muitos, muitos pés, um beholder nenê cheio de pezinhos, flutuando sobre um microfone e esfregando seus pequenos dedinhos nele.

        • eu desenhei um beholder antes dessa gravação. Lembrei disso agora.
          Preciso postar lá no rockmeon.

  • Nilda Alcarinquë

    Olás!

    Nunca tive interesse especial por este monstro, então me surpreendi que as lendas sobre ele não tiveram origem no séc. XIX ou XX.
    Se a origem desta história está ligada a um santo então tudo fica mais claro. Muitos santos europeus que tem sua origem ligada a monstros e dragões tem um ponto em comum: estes monstros ou dragões ficavam em algum lugar alagado. Curiosamente após o santo “lutar e derrotar o monstro” estes lugares foram drenados e tornados habitáveis.
    Um santo expulsar o mal que torna uma terra infértil.é tanto um ato de fé como um ato prático. Pois é preciso livrar os camponeses da crença em algo maligno para que possam ocupar terras que eram necessárias
    Não conheço a geografia do Lago Ness, mas não é de se duvidar que pelo menos parte do entorno do lago fosse um charco ou brejo, e a ação de São Columbano tornou este lugar cultivável e habitável.

    Só que no caso deste lago ressuscitaram a lenda do monstro e estão lucrando com ele também.

    Fico por aqui

    abraços

    • Curioso.

    • Douglas Rainho

      Os Santos realmente tem muitos relatos com questões místicas e monstros, o próprio Saint Patrick que haveria expulsado todas as cobras (para algumas derivações cristãs é a própria manifestação do demônio na terra) da ilha da Irlanda e também o mais clássico que é São Jorge e o dragão. Com a única diferença é que na lenda – se não me engano – ele não mata o dragão, mas o subjuga e o acorrenta, levando-o até a vila (ou cidade) e entrando com o mesmo que nem um cachorro na coleira.

      Porém existem variantes sobre o que significaria o dragão no mito de São Jorge. Algumas ordens místicas o associam com os 4 elementos (Água, Fogo, Terra e Ar) e subjugar o dragão seria ter o domínio da matéria. Então seria uma forma de dizer que São Jorge se tornou santo dominando todas as suas paixões terrenas e ascendendo. Que ele não seria mais dominado pela matéria – como todos nós reles mortais – mas que ele a dominaria. Vemos a mesma coisa na figura da Virgem Maria pisando na Lua em crescente, que seria uma alusão ao capiroto, mostrando a superioridade dela em relação ao demo e também vemos isso na figura de São Miguel Arcanjo, onde ele literalmente pisa na cara do pé-de-bode!

      Mas todas as lendas são incríveis pois não são únicas, muda toda hora a sua forma de contar. =)

  • Olá, amigos Freaks!
    Gostei bastante desse episódio. Lembrei de um programa chamado Monstros dos Rios, que passa na TV a cabo. É sobre um sujeito que vai em busca de lendas de grandes monstros em rios e lagos por aí. Teve um programa sobre o Lago Ness, onde para variar, não acharam nenhum monstro e especularam que o tal monstro poderia ser um tipo de bagre, dados os relatos mais antigos. Existem várias espécies de bagres, algumas delas podem viver cerca de 60 anos e atingir 400kg. Sim, é peixe para caramba, e para uma sociedade medieval, algo desse porte é um monstro. Sinceramente, se eu visse um desses na minha frente chamaria de monstro. Supondo que não haja predador e esse bagre não seja uma espécie local, então, ele cresceria livremente. Quem quiser pesquisar, busque por catfish ou bagre. Abaixo, uma foto de um capturado na Italia. Há outras espécies de peixes que crescem bastante. Bom, sobre a foto, acredito que se valendo da lenda medieval, os caras bolaram aquilo para fazer dinheiro mesmo. Ah! No rio Tietê, na época das bandeiras ou um pouco depois, havia um ‘monstro’ que também atormentava o povo daqui. Ao que tudo indica, era um peixão também. Esqueci o nome dele, quando lembrar, falo para vocês. E foi muito bom ver o Igor de volta, o cético educado. E também gostei do novo participante, do Diego. Preciso dizer que gostei do Lucas T., do Andrei e do Jacauna causando risos na leitura de emails? Um show a parte. ahahaah

    • Se eu to nadando de buenas em um lago e, repentinamente, me deparo com um bixo de 400kg, É MONSTRO NA CERTA! Certeza que eu viro um daquelas malucos obcecados em provar a lenda.

      PS: o dizer popular “cabeça de bagre” tomou um significado novo na minha vida.
      PS2: não vou ficar satisfeito enquanto não montar num bagre e sair “galopando” por aí.

      • Pelas fotos que vi, Lucas, dá para vc ‘galopar’ num bagre, com sua namorada na garupa. Duas imagens para gente pensar: Na primeira, ache o elasmosauros. Na segunda, um peixe para você galopar. No rio Piracicaba tem bastante bagre, mas são pequenos. Outro peixe bacana para se pesquisar é o Peixe Tigre, terceira imagem. Peixes desse tipo tem dentes enormes e muito afiados. Nesse programa que mencionei, eles vão até locais bem afastados onde esses bichos somem com as pessoas, tornando-se lendas locais. Imagino que o Monstro do lago Ness tenha se originado assim também. Mas aí precisa ver quais espécies vivem no lago. Aliás, sobre lagos, não é muito seguro nadar neles não. A não se que vc conheça bem a região. É comum acidentes com linhas de pesca, vc se enrosca nelas e se afoga; peixes bizarros ou animais peçonhentos.

        • Aqui tem lagos enormes, mas bem catalogados. É comum a galera sair de lancha ou barquinho pra nadar ou fazer toobing. Mas os lagos são controlados pra não ter nenhum tipo de bixo monst… CARALHO NADA NADA UM MOSASAURO TÁ VINDO UM M…

          Aaaaaaaarghh…

    • AslanternaRisesFromTheGrave

      O boss do lago do Resident Evil IV….

  • AslanternaRisesFromTheGrave

    Largos días y noches agradables chicos y chicas freaks… :P

    Hahá, a imagem mental de um Andrei Mercado é cômica, mas pesquisando a criatura do Ligue Djá dos comerciais das madrugadas do SBT, o que vejo é que o vidente pop da década de 90 está parecendo uma fusão Dragon Ball da Dilma Roussef com o Silvio Santos (Dilvio Santeff). Ultrapassa meus limites de trash para sugerir uma montagem ilustrativa… >.<

    http://4.bp.blogspot.com/-w4n8DzxbXUg/T2U9R9KEVNI/AAAAAAAALOA/VTbe4Fxdi-8/s1600/Walter+mercado.jpg

    http://www.alagoas24horas.com.br/wp-content/uploads/2016/02/WalterMercado.jpg

    Seguindo com o comentário, Nessie merecia um adendo Zona Freak para sua inserção na cultura pop. Filmes, documentários, e inúmeras histórias do Tio Patinhas tiveram esse mito como protagonista de seu enredo. O bichinho é carismático paca. E nessas historias do quaquilhonário pato avarento (e o trocadalho "quaquilhonário", para minha vergonha, percebi há menos de anos atrás), lembro-me que era explicado que o termo "Loch Ness" significa "Lago Ness", nome que veio do gaélico escocês. A criatura, assim como o monstro de Frankenstein, não tinha nome, a não ser Monstro ou Criatura do Lago Ness. E o mais próximo de nome para o bicho é o "Nessie", apelido carinhoso ao bichão. Os quadrinhos do Tio Patinhas também são cultura. Lá também conheci a Lenda de Shangri-Lá, o Mito de Kalevala, a lendária El Dorado, a história do velocino de ouro e a existência de Pompéia, dentre outras histórias da cultura mundial que rendiam enredo para suas aventuras, trazendo citação a alta cultura a crianças de menos de 10 anos de idade. E a história do Nessie também é clássica. Mas vamos à opinião.

    Me é difícil acreditar na existência do bichão lá no lago escocês. Me surpreendi com o tamanho, e creio que sim pudesse abrigar uma criatura gigante assim. Mas ela viver por tanto tempo. E ser uma só (se fosse uma população, daí seria difícil se manter escondida de nossa tecnologia dos últimos 5 anos). E só com uma população com uma quantidade X de indivíduos, para manter variabilidade genética, que a criatura não estaria extinta. E se estivesse em risco de extinção, teríamos rastros dessa pretérita população. Não seria tão fácil esconder assim.
    Mas digamos que tivesse um Mestre Ancião dos plesiosauros lá. Seria difícil o bichão se manter sem quase nenhum rastro. O Lago Ness é gelado, e uma criatura daquele tamanho, decerto não seria ectotérmica e homeotermia tem um alto custo energético para os grupos biológicos que optam por essa estratégia evolutiva. Ele teria de comer muito para manter essa fornalha interna quente. E para comer tudo que precisa, seria um animal bem mais ativo. A não ser que fosse um filtrador, como as baleias. E se assim o fosse, aí não seria "laprasforme" como um plesiosauro, pois teria uma anatomia ineficiente para esse hábito alimentar. E de sangue quente, num local assim seria detectável por sensor de calor de nossas tecnologias. Mas… Poderíamos ter a hipótese do fundo do lago Ness ser uma região de ação geológica ativa. Emanando calor. Daí poderíamos ter uma comunidade biológica com produção primária o suficiente para sustentar um bichão tão grande… Ah, sei lá, estou começando a me perder em minhas elucubrações. Ainda sim, teria de ser muitas condições para manter o bicho vivo. Se fosse uma imensidão como o fundo do mar eu poderia até cogitar a existência. Mas mesmo imenso, o Loch Ness é pequeno para nossa tecnologia. E quase um século de desenvolvimento e buscas teria trazido algo mais consistente e definitivo.
    Creio que essa deva ser uma lenda derivada de lendas célticas dos povos antigos de lá. Que era contada no folclore local, nem tão conhecida, que um dia chegou a algumas pessoas que resolveram endossá-la como lenda a trazer fama ao local, como o trambiqueiro com nome de cachorro que fez a foto com a pseudo-autoria do médico cirurgião.

    https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/ba/5b/76/ba5b76701b6437a58e33afb52b140a9b.jpg

    Mas é o tipo de mito que não dá para se derrubar 100% até que tenhamos uma tecnologia que consiga sondar mm³ por mm³ do lago identificando tudo que tem lá. Daí teremos certeza de que não há nada escondido, hahá….

    Bem, já tinha ouvido falar de poliamor, mas não sabia que ele incluía zoofilia. E pior, criptozoofilia. Acho que daria pelo menos uma duas décadas de detenção na Prisão de Azkaban!!!

    Uma pena o Rafael Jacaúna não estar no episódio. Com certeza ele teria uma das melhores hipóteses para que talvez pudesse me fazer acreditar na existência do bicho. Nessie, há mais de 60 anos gerando relatos, e nunca de fato sendo detectado, esse bicho só pode ser o demônio…. :P

    Gracias a todos, E não olhem para trás… Principalmente se numa noite escura estiverem andando sozinhos e escutarem uma voz num portunhol cafona gritando: "Ligue Djá"

    MWAHAHAHAHÁÁÁÁ!!!

    • inuyashagui

      AHAHHAHAHAH sobre a sombra do seu mito descançarei

    • Eu lembrei do Divino, personagem do Chico, quando ouvi a descrição.

      • AslanternaRisesFromTheGrave

        Divino sabe, divino diz…..

        Mas o Walter vai mais ao mercado para comprar laquê….

  • Vitor Urubatan

    Salve, salve galera Freak.
    Adorei o programa, mesmo um tema quase que “batido” conseguiu render bastante nas discussões entre os Céticos e os Believers.
    Devo ressaltar sempre o trabalho excelente do editor. E também elogiar a sinergia dos participantes que souberam conduzir o assunto de forma a desenvolver o papo.

    Bom referente ao monstro em si. É bem interessante a lenda por volta dessa criatura e apesar de não acreditar muito que aquele lago possa abrigar uma criatura tão antiga e grande, eu achei excelente o argumentos believers. Pois recentemente fui a um exposição de antigos animais colossais nos quais pertenceram também a era do gelo. A extinção de alguns desses animais datam cerca de 10 mil anos atrás, o que se você pensar um pouco, para criaturas que viveram centenas de milhares de anos não é muito.
    Hoje temos conhecimento de espécimes realmente pré-históricas encontradas em determinados eventos.
    Resumindo, não seria algo impossível que um animal desses realmente possa existir.
    MAS…
    Eu não acredito que aquele lago em específico poderia abrigar esse tipo de vida.
    Ao menos para um animal de tal porte.
    Um exemplo interessante é o fóssil vivo chamado de Frilled Shark ou Tubarão Cobra. Esse animal vive no fundo do oceano e antes que fosse possível encontrar espécimes vivos, acreditavam-se que essa família de tubarões já estavam extintas a muito tempo.

    Então levando em consideração que um animal desse que vive no fundo do oceano vasto fora encontrada, como não poderíamos encontrar ao menos indícios do “monstro” do lago Ness?

    Apesar de todos os argumentos não descarto a possibilidade sim de muito tempo atrás, talvez na época que as primeiras pessoas viveram naquele local tivessem visto algo realmente real como o caro Diego mencionou.

    No mais é isso meus queridos, parabéns por mais um cast excelente!
    E bem vindo de volta @igoralcantara:disqus é um prazer tê-lo de volta caro irmão.
    Fico contente que tenha sobrevivido a “Tempestade do Século” e a visita de “André Linoge” Hahahaha (Só os “fortes” entenderão)
    .
    Grande abraço.
    E na espera para o próximo cast.

  • Douglas Rainho

    Se fosse uma competição, nesse episódio o time Believer sairia vencedor. Boa dupla essa…

    Para não perder o costume, no Brasil há também relatos de “monstros” vivendo nas águas dos rios, principalmente no Rio Amazonas. Dizem haver sucuris tremendamente grandes, o que daria origem a Anaconda (e todos seus terríveis filmes) assim como temos a lenda do Boitatá. Infelizmente o folclore brasileiro quando citado acaba sendo encarado com um ar infantil – um pouco por “culpa” de Monteiro Lobato – mas possui lendas incríveis e monstros assustadores também.

    De qualquer forma o mito da Nessie é algo que sempre me trouxe muitas dúvidas e muita indagação. Tem horas até que torço por uma veracidade nesses mitos para dar um sabor diferente a nossa vida que anda tão cinza, pasteurizada e chata. Tudo deve ser explicado, tudo deve ter sentido, tudo é a ciência… Parece até que os antigos são idiotas por terem suas crenças em mitos… Bom, está muito chato mesmo… Concordo que o mundo é mais legal com mitos…

    • Sempre achei que a Boitata fosse por causa do Fogo Fátuo.

      • Douglas Rainho

        As lendas tem diversas interpretações né? Os Jesuítas associavam mesmo ao fogo fátuo e os indígenas diziam que era uma grande serpente de fogo que habitava as matas e os rios.

        Segundo a Mundo Estranho: O fogo-fátuo chegou a ser descrito, ainda em 1560, pelo jesuíta português José de Anchieta: “Junto do mar e dos rios, não se vê outra coisa senão o boitatá, o facho cintilante de fogo que rapidamente acomete os índios e mata-os.”

        O nome Boitatá vêm de Mboi+Tatá, onde Mboi é Serpente ou Cobra e Tatá é Fogo. Logo, Serpente de Fogo.

        “Há também outros (fantasmas), máxime nas praias, que vivem a maior parte do tempo junto do mar e dos rios, e são chamados baetatá, que quer dizer cousa de fogo, o que é o mesmo como se se dissesse o que é todo de fogo. Não se vê outra cousa senão um facho cintilante correndo para ali; acomete rapidamente os índios e mata-os, como os curupiras; o que seja isto, ainda não se sabe com certeza.” (in: Cartas, Informações, Framentos Históricos, etc. do Padre José de Anchieta, Rio de Janeiro, 1933) – Da “confiável” Wikipédia.

        • Essa é a graça das lendas: várias versões. E a beleza do mundo freak: muita gente, com conhecimentos bacanas para compartilhar numa boa. :D Adorei conhecer mais esta!

  • Renato Santos

    kd os casos insólitos e os “aconteceu comigo” ????

  • Adriano Melo

    Olá senhores,

    Não sou muito fã de episódios desse tipo, afinal o “monstro” do lago Ness é muito fraquinho… Ele não matou nem feriu ninguém, não é sinistro, não é nada real e tem até desenho animado.
    Os integrantes do time believer realmente fizeram um bom trabalho em suas argumentações, afinal tentaram dar um crédito pra essa baboseira de monstro de maneira muito educada e polida, óbvio que o Igor acabou miseravelmente com eles mas o esforço foi legal pelo menos. rs