Artigo

5 Motivos para ouvir o podcast Serial

Serial é um podcast americano que nasceu derivado de um programa de rádio online chamado This American Life, que tem como premissa falar sobre um crime intrigante por temporada. O sucesso foi tão grande que sua segunda temporada já está garantida e existem rumores de que executivos querem trazer o formato para as telinhas/telonas. O programa foi ao ar entre outubro e dezembro de 2014 (12 episódios) e, depois de ouvir o podcast inteiro duas vezes e emitir meu certificado de fã maníaca, resolvi que era a hora de compartilhar com mais pessoas.

~°~

Motivo 1: É uma história real, com pessoas reais

O crime se passa em Baltimore, uma cidade de Maryland, em 1999. O principal “personagem” da história é Adnan Syed (17 anos, descendente de Paquistaneses, muçulmano levemente praticante, levemente magricelo), que foi acusado de matar e enterrar Hae Min Lee (17 anos, asiática, aluna modelo, atlética), que era sua ex-namorada. O crime foi classificado como passional e o argumento foi que Adnan não conseguiu superar o término do namoro (apesar do crime ter acontecido algum tempo após o término e tanto Hae quanto Adnan já estarem em outros relacionamentos). Ele pegou prisão perpétua e alega inocência até hoje.

 

Motivo 2: Você se sente Sherlock Holmes na Baker Street

O que torna essa história tão bizarra é que, prestem atenção, não existem evidências de que Adnan é o assassino! Não existe DNA, não existem impressões digitais, não existem filmagens que denotem qualquer discussão entre os dois, nada. A única coisa que existe é a palavra de um “amigo” de Adnan (que também vendia maconha para ele), Jay, que testemunhou contra ele dizendo que Adnan avisou que mataria Hae, daí depois matou, mostrou o corpo no porta-malas, e pediu para que ele ajudasse a enterrar a jovem. Apesar de ser algo bizarro acreditar na palavra de uma pessoa só, existem coisas que corroboram a versão de Jay. O único problema é que ele cria novas versões a cada entrevista que dá.

O outro grande problema foi a advogada de defesa de Adnan, que mais parecia estar querendo desistir do caso do que qualquer outra coisa. Ela não chamou testemunhas importantes, não verificou fatos, fez uma defesa fraca e, o mais absurdo de tudo, não deixou Adnan contar sua versão do acontecido. Somado a tudo isso, há o fato de que ela estava sendo processada por vários outros clientes, que alegavam basicamente a mesma coisa: Muito dinheiro gasto, pouco trabalho feito.

 serial_3106729b

Motivo 3: Sarah Koenig e sua equipe são incríveis

Sarah é a host do programa, e também quem esteve por trás de todo o levantamento de dados sobre o caso. É perceptível o quanto ela se dedicou durante o tempo (mais de 1 ano) em que passou entrevistando amigos e parentes de Hae e Adnan, e dá pra sentir que, assim como nós, ela quer muito entender e descobrir a verdade sobre o crime.

O resto de sua equipe é incansável, sempre debatendo possibilidades e testando teorias, assim como a equipe de produção do podcast em si, que é muito bem editado (a trilha sonora gruda na sua cabeça pra sempre).

 

Motivo 4: A reação da internet foi absurda

Nunca acessei tanto o Reddit quanto venho acessando nesses últimos meses. A quantidade de debates, teorias, desenhos, mapas, notícias e, é claro, zoeira é colossal.  Pessoas alegam ser parentes de Hae e pedem respeito, tem quem diga conhecer Adnan e jura que ele é um mau caráter, já outros afirmam que Adnan não faria mal a uma mosca. Tudo muito controverso, mas também ajudou bastante a manter a história nos holofotes.

Tiveram também as paródias: O Saturday Night Live fez um esquete sobre o podcast, com uma temática de Natal, e o Funny or Die fez uma onde a host Sarah Koenig não sabe como encerrar o último episódio.

O próprio podcast criou um meme: No começo de cada episódio havia um anúncio sobre o patrocinador, chamado MailChimp, um serviço de envio de e-mails. O anúncio foi gravado por um dos membros da equipe do podcast, que pediu que pessoas nas ruas falassem trechos do anúncio. O meme ficou por conta de uma menina que não consegue falar o nome da empresa e começa a gaguejar.

E por fim, as agências de notícias. Novidades sobre o podcast e a história por trás dele, divulgação da identidade dos envolvidos, entrevistas exclusivas, e etc. Todo esse buzz chamou atenção das pessoas certas, que poderiam fazer coisas relevantes para tentar descobrir a verdade.

 

Motivo 5: A temporada pode ter acabado, mas a história prossegue

Serial acabou e deixou uma legião de órfãos com sérias dúvidas sobre a inocência ou culpa de Adnan Syed. Mas isso não significa que a história dele estagnou. Milhares de pessoas enviaram cartas de apoio, milhares assinaram uma petição e enviaram dinheiro para um fundo de apoio á sua causa (#FreeAdnan), milhares se sentiram ofendidos e chocados com a exposição de um sistema judiciário falho, que prende e sentencia sem provas concretas (Não é só no Brasil, galero!).

Ainda em 2014 o advogado de Adnan entrou com outro apelo de sentença (o primeiro havia sido feito, e posteriormente negado, em 2010) e, no sábado (07/02), foi noticiado que ele conseguiu outra chance de defender Adnan, reabrindo o caso. Isso basicamente se deve ao podcast e a sua repercussão. É incrível o poder da internet!

~°~

Minha relação com o podcast foi extremamente emocional. Depois de terminar de ouvir os episódios, não consegui dormir direito por algumas noites, pensando em toda a história, e pensando que um homem poderia estar preso (por 15 anos já, mas também pelo resto da vida) por um crime que não cometeu. Até hoje, pelo menos três ou quatro vezes por semana, eu jogo “Adnan Syed” no Google, procurando por novidades e tentando curar minha agonia (vocês nem imaginam o mini ataque cardíaco que eu tive com a notícia de que seu apelo havia sido aceito).

Talvez a grande barreira do podcast seja o fato de que ele é todo em inglês. Algumas pessoas podem ter dificuldade na compreensão, mas a linguagem não é muito rebuscada, então dá pra pelo menos arriscar, nem que seja com o dicionário do lado. Fica a torcida pra que alguém faça o trabalho de tradução!

 

Links:

Site oficial: http://serialpodcast.org

Room no Reddit: http://www.reddit.com/r/serialpodcast/

Esquete do Saturday Night Live: http://youtu.be/EjidkNvN-Ps

Esquete do Funny or Die: http://youtu.be/gww53yFfMnl

The Adnan Syed Trust: http://www.launchgood.com/project/the_adnan_syed_trust

MUNDO FREAK NO APOIA.SE

ACONTECEU COMIGO #53 | O Homem de Roxo, A mulher na porta e o que acontece no Cemitério