Artigo

Como entrar no mundo dos animes pela Netflix

Apesar de tanta reclamação sobre não ter tanta coisa nova, a Netflix parece estar se virando para se estabelecer no mercado. Filmes novos entram em cartas mensalmente, séries novas e originais são prometidas e fazem sucesso. Mas se você já deu uma bizolhada no catálogo americano vai ver que ainda falta muita coisa na plataforma brasileira.

Os animes são paixão mundial, mas ainda permanecem no obscurantismo de seu nicho. Como pouca coisa vem pra cá oficialmente, pedir para um leigo procurar por sites mil, ensinar qual qualidade é a melhor e como baixar os benditos episódios é bem difícil. Por isso a Netflix vem com a promessa de atender ao público com ótimas adições que ocorreram nos últimos meses. Ótimas mesmo, não mais aqueles animes velhos que reprisavam anos antes mesmo da própria Locomotion acabar. Estamos falando de clássicos novos, que encheram os corações dos otakus com super produções e séries originais.

Para você que não entende nada, esta é a hora de entrar neste mundo:

anime_0007_Layer 3

1 – Sword Art Online

Sword Art Online (SAO) é um Virtual Reality Massively Multiplayer Online Role-Playing Game (VRMMORPG) lançado em 2022. Com o equipamento Nerve Gear, um capacete de realidade virtual que estimula os cinco sentidos do usuário através de seu cérebro, os jogadores podem controlar seus personagens no jogo com suas mentes. Esta realidade seria maravilhosa se todos os jogadores não fossem sequestrados e para voltarem para a realidade precisam vencer o mundo criado por um lunático programador.

É uma das séries mais legais da atualidade. Misturando conceitos filosóficos e de ficção científica para contar a história de sobreviventes dentro de um mundo de RPG. A primeiro momento, pode parecer uma série apenas voltada para lutas. Ledo engano. A série é profunda ao apresentar os personagens e suas motivações. Sem falar que você se apega a cada um deles no decorrer dos episódios.

anime_0009_Layer 1

2 – Kill la Kill

Numa escola onde a presidente do conselho estudantil, Satsuki Kyriuin, dita as regras a partir da força. Ryuko Matoi, uma aluna transferida, que empunha uma espada no formato de tesoura, vem para bater de frente com essa liderança.

A série vai se desenrolar nessa batalha constante entre as duas, também abordando um tom dramático para trama. É um dos animes de maiores sucessos dos últimos tempos. Regado a lutas insanas, sangue aos baldes e um enredo que se transforma rapidamente em uma insanidade sem limites. (Sério, nem imaginam o real perigo dentro da série).

Apesar do enredo não se levar a sério diversas vezes, acaba funcionando como uma sátira a séries de luta e com comédia descabida e fora de controle. Ou seja, divertido ao extremo.  Dos mesmos criados de Gurren Langan, a quase-nudez descompromissada e gratuita pode incomodar as mais feministas.

anime_0006_Layer 4

3 – Madoka Magika

Sendo bem sincero, me impressionou. Não sou fã do gênero “garotas mágicas” (Sakura Card Captor, Sailor moon e etc…), ainda mais pelo traço do anime ser bem feminino-kawaii. Mas o enredo surpreende e promete ser muito mais do que um simples combate do bem contra o mal. A trama apresenta diversos plot twists de deixar o cabelo em pé.

Na história, Madoka é uma estudante comum que tem um sonho onde vê uma garota combater o mal. Depois de conhecer uma colega de classe transferida, seu mundo dá a volta ao descobrir uma guerra oculta que acontece em sua cidade entre garotas mágicas e bruxas malignas.

Sério, tem umas coisas bem bizarras nesse anime.

anime_0004_Layer 6

4 – Magi

Um dos que mais gostei. É um shonen clássico, regado a batalhas, bom humor, dramas e um enredo envolvente. Baseado no Mil e uma noites. Acompanhamos Alladin, Ali babá e Morgiana em uma aventura em que precisam vencer as “dungeons” em busca de tesouros sagrados e de extremo poder. Possui o formato clássico de animes para garotos, com desenrolar que terminam em lutas, drama e muita comédia. Os personagens são carismáticos e o mundo fictício é interessante. Também existem vários easter eggs ocultistas dentro da série que se misturam com mitos árabes.

anime_0003_Layer 7

5 – My little monster

Tonari no Kaibutsu-kun (como é chamado no original) é focado na relação entre Shizuku Mizutani, uma garota que não tem nenhum interesse, a não ser em estudar e em seus planos no futuro, e um garoto chamado Haru Yoshida, que senta ao seu lado na escola, porém raramente a frequenta. Um dia, Shizuku é encarregada de levar os deveres de classe na casa de Haru. Dessa forma, começa a estranha amizade entre uma garota fria e calculista com um garoto problemático e ingênuo. Com toques de romance e comédia, é um verdadeiro combo breaker nesta lista já que se importa mais com relacionamentos juvenis do que embate físico.

anime_0002_Layer 8

6 – Fate/Stay Zero

A série se passa na cidade japonesa Fuyuki.  Nesta cidade comum, as trevas se aproximam. Onde acontece um ritual chamado Guerra do Santo Graal, diz-se que o Santo Graal concede desejos para quem o possui. Mas para que ele se materialize, o objeto sagrado escolherá sete Magos (Mestres) e dar-lhes-á sete espíritos heróicos familiares (Servos) divididos em sete classes de acordo com as suas habilidades: Saber (O espadachim), Archer (O arqueiro), Rider (O cavaleiro), Berserker (O insano), Lancer (O lanceiro), Caster (O mago) e Assassin (O mercenário). O mestre possui um contrato com um dos sete espíritos familiares e deve provar que está qualificado ter o Santo Graal, ou seja deve eliminar outros mestres à mostra que é o mais forte.

Um prólogo da primeira série Fate/Stay Night, pode ser vista antes ou depois da mesma. Ainda não foi adicionado na Netflix, inclusive com um remake sendo lançado ainda no Japão nesse momento.

O clima de guerra oculta é o que mais me deixa instigado, sem falar no descobrimento dos poderes dos espíritos, todos eles baseados em mitos que existem.

anime_0001_Layer 9

7 – Gurren Langan

Tengen Toppa Gurren-Lagann traduzindo literalmente para o português: “Ultrapassando os Céus com Gurren-Lagann” Conta a história de uma humanidade futurista, ou em uma dimensão alternativa, onde os poucos humanos existentes vivem no subterrâneo. Acompanhamos Simon por uma saga de descobrimento e coragem. É divertida e brinca com os clichês de robôs gigantes. Um dos mais empolgantes da lista e com certeza o que tem mais testosterona. Você nunca mais verá uma furadeira com o mesmo significado.

aime

8 – Blue Exorcist

O mundo em Ao no Exorcist consiste em duas dimensões, adjuntas uma a outra como um espelho e seu reflexo. Uma é o mundo onde os humanos vivem, Assiah. A outra é mundo dos demônios, Gehenna. Originalmente, uma viagem entre os mundos, ou mesmo um contato entre eles, é impossível. Entretanto, qualquer demônio é capaz de passar à dimensão de Assiah atráves da possessão de um ser vivente na mesma.

Um shonen dos mais simples. Vivemos junto com os personagens em uma escola de combater demônios. Infelizmente a série acaba antes do verdadeiro desenrolar do mangá, mas mesmo assim é muito divertida.

anime_0000_Layer 10

9 – Hunter x Hunter

Hunter x Hunter conta a história de Gon, Leorio, Kurapika e Killua, que se encontram quando iam fazer o exame para se tornar um Hunter, um exame difícil com provas sobre-humanas com o objetivo de verificar se o examinado realmente é apto. Esta classe de pessoas especiais podem ter várias funções dentro da sociedade: Exploradoras, caçadoras de tesouros, gourmet e por aí vai. É do mesmo criador da série de Yuyu Hakusho e um dos shonens mais originais da atualidade. Seu sistema de luta é inteligente e seus personagens carismáticos.

MUNDO FREAK NO APOIA.SE

A Fantástica Abdução de Artur Berlet | MFC 414