Artigo

Comic Con XP – O primeiro passo de um gigante.

Semana passada aconteceu um dos melhores e mais robustos eventos nerds que já se teve notícias em terras tupiniquins. Entre Brasil Game Show, Anime Friends e Comi cons concorrentes a Comic Con Experience (CCXP) dá o primeiro passo em conteúdo de qualidade dentro de um evento de cultura pop e entretenimento.

Mas sejamos justos, todos os outros que citei tiveram o seu papel. Mesmo assim, depois de anos e edições mais para encher linguiça do que o necessário, vemos um evento que finalmente trás algo de novo, mesmo que ainda com muita coisa já vista em uma estrutura um pouco familiar.

0632d248f927172e7109eff6c24bb03f1417043226_full

Os pontos positivos são muitos. A estrutura era grande e confortável, com vans que disponibilizavam transporte gratuito do metrô até a feira. Os palcos eram imensos, com palestras e apresentações interessantes (outras nem tanto) e stands imensos que me lembravam bastante a feira famosa de San Diego.

A exibição de estatuetas e action figures foi realmente um show a parte, apesar dos salgados preços para os meros mortais, enriqueceram o evento com coisas bem incríveis e belas. (Com atenção especial para as armaduras de ouro de Cavaleiros dos Zodíaco em escala 1/1 que estava de cair o queixo.)

Da mesma forma, o Artists’ Alley estava também incrível. Dezenas de mesas com seus artistas favoritos, e outros que certamente farão parte do futuro dos quadrinhos brasileiros. Muitos deles agendaram lançamentos para novas edições ou obras no evento, podendo ser conseguidos com um desconto camarada de quem faz um trabalho quase artesanal de um conteúdo de qualidade.

7ae459c933d24ab121cf27da8eefe695

Os estúdios e editoras marcaram presença: Panini, Aleph, Devir, Disney, Warner, Fox, dentre outras, credenciaram o evento, não só como um sucesso de público, mas um sucesso comercial.

Os convidados eram interessantes, principalmente para a primeira edição em um país latino americano que nunca viu nada do tipo. Jasos Momoa (Khal Drogo e Aquaman), Sean Astin (Senhor dos Anéis) e Giancarlo Esposito (Breaking Bad) foram atrações bem interessantes entre muitos outros que enriquecem o mundo nerd. As presenças de Don Rosa, Klaus Janson, Scott Snyder e José Garcia-López deram outra cara a CCXP – no mínimo o colocando no mesmo patamar dos principais eventos nacionais.

Muito conteúdo legal acontecia por todos os lados. Apresentações, Cosplayers, debates, workshops, sorteios faziam com que o pouco tempo disponível se tornasse algo realmente torturante.

O evento não foi perfeito e ainda tem muitas arestas a serem aparadas. Mas para um primeiro e ciclópico evento nada que chegasse a incomodar os mais afoitos e maravilhados.

 

Stand-uol-lol

MUNDO FREAK NO APOIA.SE

Desvendando os Mistérios dos Sonhos | MFC 415