Artigo

Seja um caçador de monstros em Monster Hunter

Você já sentiu a emoção de caçar monstros grandes utilizando a boa combinação de arma e armadura? Se não, saiba que está perdendo de sentir isso jogando uma das grandes séries de games que temos hoje em dia, que é Monster Hunter. Mas de onde veio e para onde vai essa série e porque ela faz tanto sucesso? Vamos tentar descobrir.

Para quem não sabe, o primeiro game foi lançado para PlayStation 2 em 2004 (sim, a série já tem 10 anos de idade na data de lançamento deste texto) e foi produzido pela Capcom. O game consiste em criar um personagem que tem a possibilidade de comprar e forjar diversos itens como armaduras e armas (sendo dos mais variados tipos, como espadas, lanças, machados) e simplesmente sair caçando monstros.

Alguns dizem que Monster Hunter é na verdade Pokémon para gente grande. As duas séries realmente têm algo em comum que é a questão de caçar monstros (cada um à sua maneira) e extrair deles algo útil para o jogador (em Pokémon são novas criaturas para treinar e em Monster Hunter são materiais para forjar armas e armaduras), além também da questão elemental, onde um monstro tem ataques de um tipo e é fraco contra outro.

O Japão é louco por RPGs. Eles gostam de explorar mundos, ficando horas vagando por ele e ter toda a questão de ter que batalhar ferrenhamente para subir de nível ou conseguir aquele item que vai te tornar mais forte. Monster Hunter tem exatamente esse clima, com várias áreas para explorar e alguns monstros mais fortes exigem uma estratégia e um preparo prévio, mais elaborado, antes de encará-lo.

O segundo game da série foi lançado para PlayStation 2, mas o terceiro, chamado Monster Hunter Tri no ocidente, foi lançado para Wii. Como todos sabemos, o console da Nintendo vendeu mais que água no deserto e o jogo foi um dos impulsionadores pelo grande número de vendas, apesar de não ser um jogo first-party do console. Além dos jogos principais, existem outros spin-offs e também versões incrementas dos títulos principais, com mais localidades e monstros. O terceiro game, por exemplo, recebeu a versão MH 3 Ultimate para 3DS e Wii U, mostrando uma boa relação da franquia com a Nintendo.

2

Em 2013, o 3DS recebe o quarto título principal da série. Como já dito antes que a grande força da franquia está no público japonês, o jogo foi lançado só no Japão. Já em outubro de 2014, a versão incrementada, MH 4 Ultimate foi lançado para o mesmo console. Em menos de um mês, já haviam mais de dois milhões de cópias físicas do jogo vendidas, ficando por semanas como o jogo mais vendido no Japão. No início de 2015 o ocidente recebe a versão do jogo.

O fato é que a franquia se tornou um system-seller, fazendo com que pessoas comprem o console só para poder degustar mais um jogo da série. Quem se beneficia com isto hoje é a Nintendo, já que a série principal se mantém como exclusiva para seu console. Outro que se beneficiou foi o PSP, já que muitos compraram o portátil para jogar os spin-offs da série que saíram para ele.

Embora seja uma franquia com uma cara mais oriental, é um jogo que deveria ser jogado pelo público ocidental também. Ele pode parecer até meio simples à primeira vista, mas assim que você começa a jogar ele acaba te prendendo. Você vai se pegar pensando na próxima quest de caça ou captura de monstro e bolando estratégias para enfrentar aquele próximo monstro poderoso.

E você aí? Já jogou algum game da franquia Monster Hunter? Coloque aí nos comentários que experiência tem e se tem alguma história interessante para contar sobre a caça aos monstros.

MUNDO FREAK NO APOIA.SE

Aconteceu Comigo #59 | Locais Mal Assombrados e Mr. Noob