Mundo Freak Confidencial 183 – Entrevista com a Doutora Guerra

Após anos estudando fora, nossa arqueira, monarquista, demonóloga e caçadora de demônios termina seu doutorado. Tupá Guerra se forma doutora na University of Birmingham e tem muita história pra contar. 

Nesse Mundo Freak Confidencial, acompanhe os investigadores Andrei FernandesMarcos Keller e Juliana Ponzilacqua entrevistam a investigadora Tupá Guerra sobre o fim de seu doutorado.  

1111

assineCole esse linno seu agregador de feed ou no iTunes na opção “Assinar Podcast” na aba “Avançado“. Se seu iTunes for o mais atualizado apenas coloque “Assinar podcast” na primeira aba do menu. Ou assinar direto pela iTunes Store, clicando nesse link.

E-mail

Se quiser assinar nossos programas e receber mensagens quando um novo episódio é lançado, faça o seguinte:

  1.  Clique no botão abaixo!
  2. Uma nova janela irá se abrir, então clique em “Use Recipe”!
  3. Efetue o cadastro com o e-mail que use com frequência e ao final clique em “Create Account” 
  4. Clique novamente em “Use Recipe” e pronto!

IFTTT Recipe: Receba os episódios do Mundo Freak por e-mail! connects feed to email

msg

Entre em contato com a gente, deixe seu comentário, sua revolta ou sua solução! Mande e-mails com sugestões, críticas, elogios, spams para contato@mundofreak.com.br ou siga-nos Pelo Twitter e curta nossa página do facebook.

Sobre Andrei Fernandes

Ver todos os posts

Falando de podcast com muita ousadia, alegria e misantropia. Também autor do livro Kalciferum, chanceler supremo do Freakstão e morador de Setealém.

44 Comentários

Participe da conversa →

[fbcomments]
  • Consegui acompanhar essa gravação ao vivo, foi legal conhecer a dinâmica do pessoal

  • Oi a todos,

    Muito legal o episódio e fiquei curioso para ler o trabalho. Tanto a exposição da Tupá, a condução e perguntas do Andrei, e das perguntas da Ju e do Keller.

    Não podia deixar de dizer que sendo uma Doutora formada na Inglaterra, a universidade deveria no mínimo dar uma chave sônica e uma Tardis…

    Além do nome Doutora Guerra indicar que a Tupa pode ser uma regeneração do War Doctor:

    https://uploads.disquscdn.com/images/291c907d748506492bcb2ba8e6478b0df9c069c1271d27dd29b7b68b6f2b04b7.jpg

    Saindo das referências a Doctor Who, parabéns a Tupá por divulgar o que pesquisa nos podcasts, afinal, além de divulgar o que tens produziu no meio acadêmico, divulgas os processos de pesquisa, ajudando a aproximar academia do cotidiano das pessoas. Parabéns mesmo pela boa vontade em compartilhar!

    O MundoFreak está de parabéns por possibilitar essa exposição de produções acadêmicas e por toda a equipe de podcasters e pauteiros conseguirem abordar temas diversas com leveza e um embasamento de pesquisa. Isso é muito legal, e todos estão de parabéns por todo o trabalho desenvolvimento no podcast.

    Fica meu abraço a todos podcasters e pauteiros e que possam ter um bom descanso de final de ano!

    Tudo de bom!

    Tiago de Lima Castro

    • Sir Jones Kast, Ph.D.

      Pois é, ela não se formou ‘Tardis’ demais pra deixar de ganhar esses prêmios.

  • Tiago Simão

    Salve pessoal.
    Acompanho faz o tempo o MF e agora o Magickando. Sobre a questão do “canto”, será que há algum paralelo com os mantras?
    Ótimo trabalho de todos, e esperando 2018.
    Att.

    • IGOR AZRAK

      “Quem canta seus males espanta!” …

  • Antonio Pereira

    Dra. Guerra, defina demônio. o/

    • Sir Jones Kast, Ph.D.

      Minha ex-sogra

  • Sir Jones Kast, Ph.D.

    Ô papai, que delícia.

    Doutora GUERRA?
    Uma das 4 doutoras do Apocalipse.
    Maravilha.

  • Sir Jones Kast, Ph.D.

    Falando de demonHos sem o Rafael?
    Trágico.
    O sidekick da Doutora deveria estar presente.

  • André Diego de Paula

    Doutora Guerra? Caramba, você já tem um plano para dominar o mundo?

    • Sir Jones Kast, Ph.D.

      Só os nossos corações.

      Salvo me engano ela é do Acre, aquele lugar mítico que co-existe entre nossa realidade, entre os planos interdimensionais, o qual só pode ser acessado no alvorecer, na hora do lobo, quando os primeiros raios de luz começam a findar a escuridão ou no crepúsculo, quando a luz começa a dar lugar à noite.

  • Sir Jones Kast, Ph.D.

    Quero uma série da Netflix com a Doutora Guerra, arqueira, combatendo o mal em todos os planos astrais, demonHos, com misto de espionagem e conspirações, caçando criaturas mitológicas no mundo todo, inclusive todo o folclore brasileiro.

  • Sir Jones Kast, Ph.D.
  • Daniel dos Santos

    esqueceu do Andriolli nos agradecimentos Andrei! Adoro o Popularium!

    • Andriolli

      HAhaha, valeu a lembrança, Daniel!

  • Leo Lia
  • Anderson Barboza Ferreira

    “O Rolo da Guerra” também é conhecido como “O Rolo da Tupá”. Excelente Podcast, tanto as perguntas do Keller, Juliana Ponzi (sou apaixonado) e nosso querido apresentador Andrei. Parabéns a Tupá pelo seu doutorado. Doutora Guerra, em breve nos cinemas

  • Obrigado Keller por me representar em relação ao coleguinha de planeta contestando que a Doutora Guerra é demonologa.

    A entrevista foi muito boa, eu cheguei a cogitar deixar uma pergunta no post do grupo, mas fiquei intimidado FDAHSPFHADSIUPHFADS

  • Willi Wonka

    Caraia, sério que tem hater da Tupá?

  • Pablo Rigamonti Blitoon

    EPISODIO FODASTICO! Adorei a entrevista com a Dr.Guerrra e aguardo a próxima entrevista e espero que seja com o Sr.Penumbra :D
    Galera no episódio foi citado o mestrado da Tupa e tudo mais, alguëm tem os links das parada tudo? ;D

    • Marcos Keller

      temos histórias bacanas do Sir Vinícius Penumbra frater Arschloch por vir no magickando

      • Pablo Rigamonti Blitoon

        YES! Aguardando tudo ansiosamente! 2018 promete

  • A Tupá é mto foda budaquibiriu

  • Erich B.

    Monarquia já.

  • André Luiz

    Eu nunca consigo sacar se de fato a Tupá acredita nessas paradas ou é paixão pelo assunto.

    Já o João falando de demônios no decrépitos não consegue segurar a zoeira

    • IGOR AZRAK

      Ela não aparece em acreditar de forma religiosa, acredita de forma histórica, como registros, foi o que percebi, posso estar errado.
      É que nem filme de exorcismo, não acredito em nada, mas adoro. :D

    • Marcos Keller

      Tupá engana bem

  • Porra, Andrei. Vc agradeceu tanto a galera no começo, mas fica aqui nosso agradecimento também como ouvintes.
    Quantas noites não passamos ouvimos esse programa. Viagens de ônibus com o trânsito garrado que vcs nos tiraram do tédio. Quanto informação foda e de total confiabilidade não conseguimos com vcs todos, seja sobre espiritualidade, ufologia, causos, magia ou o q quer q seja… Falando por mim mesmo, era um total cético quanto a ufologia até ouvir os programas q vcs fizeram sobre a Operação Prato e minha cabeça explodir.
    Comecei a ouvir o programa esse ano e já entrou fácil na minha lista dos melhores. Vcs são do caralho, e espero poder contribuir com o q for necessário pro programa continuar crescendo cada vez mais. Vcs tem aqui um grande fã. Parabéns pelo excelente trampo e continuem sempre assim!

  • IGOR AZRAK

    Parabéns Dra. Guerra!

  • Bean

    Doutora Guerra, você conhece o Alexandre Milhoranza, um dos teólogos do Btcast, ou ja teve algum contato com o trabalho dele? Ele também estuda os manuscritos do mar morto.

    • Marcos Keller

      o Milho é bacana s2

  • Thiago Marques

    Boa noite gente (estou ouvindo a noite), conheci o podcast a partir do MDM (sim sou um dos vermes do mdm, dos que nao comenta pq né, comunidade agressiva. Desde que conheci o pod estou fazendo maratona, apesar de ser ateu tenho interesse nos temas, só queria ver como é o clima aqui na verdade, um feliz natal a todos.

  • Clown

    Ahhhh, não poderíamos esperar menos do último podcast do ano. É incrível como me sinto próximo disso tudo por tanto ouvir Mundo Freak nos últimos tempos.

    Recentemente fiz um breve agradecimento no Aconteceu Comigo 13, mas acredito que algumas palavras melhor cabem aqui.

    Estou sempre por perto de vocês e não há um dia se quer que eu não ouça Mundo Freak. Resido em Santo André, mas estou pernando todos os dias por São Paulo adentro. Seja no estúdio fotográfico em que trabalho ou para onde quer que eu vá, levo vocês comigo. Minha esposa e meus amigos já não aguentam mais ouvir eu falar de vocês! Já disse algumas dessas palavras para o Andrei e para o Lucas em inbox, mas gostaria de ressaltar publicamente o quanto esse trabalho tem o poder de mudar a vida e a rotina de muitos com suas diversas intenções. Isso tudo é fascinante!

    Assim como o Marcos Costa disse aqui nos comentários, replico: depois de tantos agradecimentos, Andrei, fica aqui também o nosso “muito obrigado” por fazer tudo isso ser possível. Às vezes, quando estamos dentro da parada, não temos noção da proporção do quanto tudo cresce lá fora, e isso sim é do caralho. Vocês já são gigantes, e para muitos aqui, imensos.

    Agradecer por agradecer também parece muita puxa-saquice, bem coisa de fanboy, e como disso eu corro, vamos lá: acho incrível o voto de confiança que vocês tem da Penumbra e o quanto vocês os apoiam, afinal, essa troca não é barganha, é visar um crescimento mútuo e sincero; acho animal como vocês tentam desenvolver projetos legais em collab para o Mundo Freak, como os comics, os Freak Box e os posts especiais; acho surreal a ideia de se encontrar com os fãs realizando os Freak Outs; acho muito bacana o reconhecimento que sempre é dado aos pauteiros, afinal, colher conteúdo e se aprofundar nos temas não é um trabalho fácil, ainda mais quando é necessário organizá-lo e prepará-lo devidamente para os participantes; por fim, agradeço-os por nos transmitir algo sempre muito bom. O Andrei disse no comecinho desse episódio que o Mundo Freak o ajudou a passar por alguns momentos difíceis que enfrentou esse ano e isso é algo realmente muito legal de se ouvir, já que para mim também serviu dessa forma. Digo isso porque somente assim, com uma energia tão boa a ser transmitida, tudo é possível. Meus fones se tornaram meus melhores amigos mais do que nunca nesse último ano com vocês.

    Agradeço especialmente também a cada participante por fazer toda a diferença com esse puta profissionalismo e comprometimento: Jacaúna, Keller, Léo, Ju, Igor, Lucas, Ira e Tupá, agora como nossa querida doutora! Vocês são simplesmente sensacionais.

    Episódio absolutamente do caralho que finalmente pode nos trazer um pouco mais perto do trabalho da Tupá. Achei muito legal que apesar de rolar muuuuito conteúdo, foi um episódio muito leve e natural, menos amarrado em pautas. Sempre me interessei muito por demonologia e ter um acompanhamento mais técnico agora foi animal! Parabéns a todos por mais essa realização!

    Uma das minhas metas em 2018 é colaborar verdadeiramente com o maravilhoso trabalho de vocês e, se possível, aproximar-me mais de seus desenvolvimentos. Parabéns por tudo, galera, de verdade!

    Estamos juntos e um grande beijo a todos.

  • NapoliThanos

    Doutora Guerra >>>>> Van Helsing

  • Marcos Caye

    No fim saimos sem uma definição de o que é demonio!!!!!! Cadê???

  • Clown

    Ahhhh, não poderíamos esperar menos do último podcast do ano. É
    incrível como me sinto próximo disso tudo por tanto ouvir Mundo Freak
    nos últimos tempos.

    Recentemente fiz um breve agradecimento no Aconteceu Comigo 13, mas acredito que algumas palavras melhor cabem aqui.

    Estou
    sempre por perto de vocês e não há um dia se quer que eu não ouça Mundo
    Freak. Resido em Santo André, mas estou pernando todos os dias por São
    Paulo adentro. Seja no estúdio fotográfico em que trabalho ou para onde
    quer que eu vá, levo vocês comigo. Minha esposa e meus amigos já não
    aguentam mais ouvir eu falar de vocês! Já disse algumas dessas palavras
    para o Andrei e para o Lucas em inbox, mas gostaria de ressaltar
    publicamente o quanto esse trabalho tem o poder de mudar a vida e a
    rotina de muitos com suas diversas intenções. Isso tudo é fascinante!

    Assim
    como o Marcos Costa disse aqui nos comentários, replico: depois de
    tantos agradecimentos, Andrei, fica aqui também o nosso “muito obrigado”
    por fazer tudo isso ser possível. Às vezes, quando estamos dentro da
    parada, não temos noção da proporção do quanto tudo cresce lá fora, e
    isso sim é do caralho. Vocês já são gigantes, e para muitos aqui,
    imensos.

    Agradecer por agradecer também parece muita puxa-saquice,
    bem coisa de fanboy, e como disso eu corro, vamos lá: acho incrível o
    voto de confiança que vocês tem da Penumbra e o quanto vocês os apoiam,
    afinal, essa troca não é barganha, é visar um crescimento mútuo e
    sincero; acho animal como vocês tentam desenvolver projetos legais em
    collab para o Mundo Freak, como os comics, os Freak Box e os posts
    especiais; acho surreal a ideia de se encontrar com os fãs realizando os
    Freak Outs; acho muito bacana o reconhecimento que sempre é dado aos
    pauteiros, afinal, colher conteúdo e se aprofundar nos temas não é um
    trabalho fácil, ainda mais quando é necessário organizá-lo e prepará-lo
    devidamente para os participantes; por fim, agradeço-os por nos
    transmitir algo sempre muito bom. O Andrei disse no comecinho desse
    episódio que o Mundo Freak o ajudou a passar por alguns momentos
    difíceis que enfrentou esse ano e isso é algo realmente muito legal de
    se ouvir, já que para mim também serviu dessa forma. Digo isso porque
    somente assim, com uma energia tão boa a ser transmitida, tudo é
    possível. Meus fones se tornaram meus melhores amigos mais do que nunca
    nesse último ano com vocês.

    Agradeço especialmente também a cada
    participante por fazer toda a diferença com esse puta profissionalismo e
    comprometimento: Jacaúna, Keller, Léo, Ju, Igor, Lucas, Ira e Tupá,
    agora como nossa querida doutora! Vocês são simplesmente sensacionais.

    Episódio
    absolutamente do caralho que finalmente pode nos trazer um pouco mais
    perto do trabalho da Tupá. Achei muito legal que apesar de rolar
    muuuuito conteúdo, foi um episódio muito leve e natural, menos amarrado
    em pautas. Sempre me interessei muito por demonologia e ter um
    acompanhamento mais técnico agora foi animal! Parabéns a todos por mais
    essa realização!

    Uma das minhas metas em 2018 é colaborar
    verdadeiramente com o maravilhoso trabalho de vocês e, se possível,
    aproximar-me mais de seus desenvolvimentos. Parabéns por tudo, galera,
    de verdade!

    Estamos juntos e um grande beijo a todos.

  • Aqualad/Muleque-Piranha

    como assim essa entrevista não foi toda conduzida pelo Jacaúna ?

    ta tudo errado

    faz de novo

  • Pedro Pimenta

    Olá a todos. Sei que não é o assunto, mas gente preciso compartilhar: quem puder assistir o filme “A Dark Song” 2016 assista já: sério é cheio de referências a vários tipos de capitotagens que passam por aqui. Não fiz uma pesquisa ainda, mas tenho certeza que ele foi feito por ocultistas =D

  • Luis P

    Doutora guerra? queremos a Tupá Raiz, tupá pé descalço tupá que tomava chá leão da promoção do walmart.
    A entrevista em si ficou um pouco corrida e confusa, mas a Dra Tupá é foda então podcast 10/10

    @ps Não tem o jacaúna pra falar demonio/ nem fazer um comentário sobre o doutorado em marmotagem do Principe da venezuela.
    e a Ju é zzzzzzzzzz

  • Auryo Jotha

    Parabéns, Dra. Guerra. o/

    Ficou muito bom o episódio. É muito interessante saber um pouco como antigamente um povo se portava frente a ideia de “demônio”; sem falar do negócio dos cânticos, que ainda vemos reflexos hoje. ^^

  • dastrevas

    A Dark Song merece um cast.

  • Adoro a Tupá e todos do Mundo Freak. Busco bastante inspiração para meu programa de web radio sobre terror. Continuem assim em 2018 e eu jamais largarei vocês rs

  • andrei n pos os link no post

  • Carolina Marialva Baldo

    Ótimo episódio, como sempre! A entrevista podia ter durado 3 horas!hehe E a gente é que agradece, Andrei, por alegrar nossas viagens de busão e nos elucidar com tanto conhecimento bacana! Enfim, parabéns Dra. Guerra! =D Você não vem pra Londres antes de ir embora por acaso não? Queria muito te conhecer!!!! bjs