Mundo Freak Confidencial 180 – Mistérios Católicos: Segredos de Fátima e Corpo incorruptível

Os caminhos da fé são envoltos de mistérios. A mais de dois mil anos a tradição católica carrega histórias surpreendentes e que põem à prova a lógica e a razão humana. Seriam elas farsas, truques ou a real prova do divino? 

Nesse Mundo Freak Confidencial, acompanhe os investigadores Andrei Fernandes, Tupá Guerra, Marcos Keller e Leo Mitocondria desvendando os segredos de Fátima e dos corpos incorruptíveis. 

Comentado nos recados!

Comentado no episódio!

1111

assineCole esse linno seu agregador de feed ou no iTunes na opção “Assinar Podcast” na aba “Avançado“. Se seu iTunes for o mais atualizado apenas coloque “Assinar podcast” na primeira aba do menu. Ou assinar direto pela iTunes Store, clicando nesse link.

E-mail

Se quiser assinar nossos programas e receber mensagens quando um novo episódio é lançado, faça o seguinte:

  1.  Clique no botão abaixo!
  2. Uma nova janela irá se abrir, então clique em “Use Recipe”!
  3. Efetue o cadastro com o e-mail que use com frequência e ao final clique em “Create Account” 
  4. Clique novamente em “Use Recipe” e pronto!

IFTTT Recipe: Receba os episódios do Mundo Freak por e-mail! connects feed to email

msg

Entre em contato com a gente, deixe seu comentário, sua revolta ou sua solução! Mande e-mails com sugestões, críticas, elogios, spams para contato@mundofreak.com.br ou siga-nos Pelo Twitter e curta nossa página do facebook.

Sobre Andrei Fernandes

Ver todos os posts

Falando de podcast com muita ousadia, alegria e misantropia. Também autor do livro Kalciferum, chanceler supremo do Freakstão e morador de Setealém.

44 Comentários

Participe da conversa →

[fbcomments]
  • O Papa é pop
    O Papa é pop
    O Papa não poupa ninguém

  • TdC: o Igor foi pra geladeira pois foi pego tentando substituir o Andrei por uma Inteligência Artificial que o imitava.

    TdC da TdC: na verdade o Igor substituiu o Andrei, mas fingiu que foi pra geladeira pra despistar a TdC acima;
    fica a pergunta: where is the REAL Andrei?

  • Moah Oliveira

    Tupá,minha musa maravilhosa <3
    Leooooooooooo voltou. To feliz <3
    Podcast maravilhoso,amo ôces <3

  • Pó póóó!

  • FHC
  • Murilo Staveski

    Mamilos católicos, são muito polêmicos.

  • Aqualad/Muleque-Piranha

    o terceiro segredo é que o Palmeiras não tem mundial
    https://ludditejourno.files.wordpress.com/2013/02/pope.jpg

    • Sir Jones Kast, Ph.D.

      Só não é nenhum segredo.
      Até minha bisneta que vai nascer daqui a 100 anos já sabe disso.

  • Vitor Scavacini de Freitas

    Olá Freaks!
    Foi muito divertido ouvir o tema deste podcast, dentre tantos relatos de acontecimentos sobrenaturais acredito que a igreja católica possua o maior acervo do mundo.

    Como um exemplo disso, este ano o jornalista e escritor Rodrigo Alvarez publicou um livro chamado Milagres, onde ele e sua equipe analisaram 4000 relatos sobrenaturais acontecidos no Brasil relacionados à Nossa Senhora Aparecida. Agora pensa, se temos 4000 relatos voltados a apenas uma imagem, imagine quantos casos a Igreja não deve ter ouvido e relatado nesses últimos 2000 anos com seus outros Santos, imagens e santuários espalhados no mundo.

    Voltando aqui para a padroeira do Brasil, a Tupa perguntou do por que só este caso levar o nome de Aparecida e os outros não. A palavra “Aparecida” na verdade é um apelido para a imagem, a qual oficialmente possui o nome de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, uma imagem usada em celebrações desde meados do século XV. Portanto, temos aqui uma “imagem de Nossa Senhora Imaculada Conceição aparecida nas redes de pesca de uma dupla de pescadores”, carinhosamente chamada de: Nossa Senhora Aparecida.

    Já nos casos de Nossa Senhora de Guadalupe, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora de Lurdes, etc, são casos onde pessoas viram e presenciaram a personificação de Maria naquela determinada cidade/região. E posteriormente os fiéis montam imagens nomeando-as com o nome do local ou acontecimento milagroso. Ou seja, não foram imagens “aparecidas”, e sim imagens montadas a partir de algum fato milagroso.

    E Freaks, altamente recomendo esse livro do Rodrigo Alvarez, ele fez um ótimo trabalho com jornalismo investigativo para escrevê-lo, trazendo apenas aqueles relatos de arrepiar os pelos da nuca! Eu gostaria de ouvir mais Mundo Freak sobre esses assuntos :D

    • Excelente feedback. To correndo atrás do livro :)

  • Nilda Alcarinquë

    Olás!

    Não sei se chegaram a falar, mas Fátima é o nome de um das filhas do profeta Mohamed, e talvez o nome da cidade seja em homenagem a ela. Então temos uma das mais famosas aparições da Virgem numa cidade que tem o nome da filha do fundador do Islã.
    Pra ser pensar

    Abraços

    • Sim e não. O nome da cidade vem de antes do século XII, quando a região ainda era disputada por cristãos e muçulmanos (desde o séc. VIII). Antes do castelo de Alcácer do Sal ser tomado pelo D. Afonso I (ou Afonso Henrique) durante a Reconquista cristã da Península Ibérica, o governador deste tinha uma filha chamada Fátima; em homenagem à filha, o governador deu este nome pra cidade. O nome da filha, por sua vez, é uma homenagem à filha do profeta Maomé – lembrando que era e ainda é comum muçulmano dar nome pra filha de Fátima, em homenagem à filha do profeta.

      • Porra Lucas, mas foi o que ela disse. UHeuheuehueh

        • Sim e não. hahaha

        • Nilda Alcarinquë

          A informação do Lucas tá mais completa.
          Eu conhecia a origem porque participei de muitas novenas pra N. Senhora de Fátima em Maio e Outubro. a primeira

      • Helil Neves

        D. Afonso Henriques (SIC).
        Esse S é importante, porque indica que ele é filho de D. Henrique. Não é um nome composto, mas sim o “sobrenome” dele.

        • Ele era filho do Henrique de Borgonha, se eu não me engano. Mas a galera chama ele só de D. Afonso I mesmo. Valeu, eu tinha esquecido mesmo que tinha “s”.

    • Thiciana Sasse

      Muito bom o episódio, obrigada Andrei e todos os participantes pela maneira como abordaram o tema. Como católica fiquei contente com o resultado, que foi informativo e não ofendeu ninguém. Agradeço também por ter lido meu comentário semana passada, e corrigindo, eu digitei errado, a autorA do livro se chama Marion Zimmer.
      Fiz algumas observações enquanto ouvia o podcast, as informações estão meio soltas mas acho que dá pra acrescentar bem ao que vocês disseram:
      Jesus não era cristão, claro – mas fundou a igreja sobre Pedro, o primeiro Papa.
      Sobre receber a Eucaristia – é para quem fez a primeira comunhão, e não está em pecado grave, senão é heresia. Mas tem que avaliar a situação, se a pessoa recebe sem saber bem do que se trata não é tão grave.
      Bento XIV traz muitas questões legais, não é a toa que muitos já o consideram um “doutor da igreja”
      Sobre Nossa Senha Aparecida, o nome vem uso popular mesmo, por que acredito que seria meio complexo chamar de Nossa Senhora do Rio São Francisco, e mais curioso ainda: Não houve aparição. A imagem foi achada e foram tantos os milagres relacionados a ela que não houveram dúvidas que era manifestação de Nossa Senhora.

      Na aparição de Maria em Fátima, ela em um momento sim, declara: “O meu Imaculado Coração triunfará!” Fácil de relacionar com a aparição de Lourdes, que afirmou, quando questionada por Santa Bernadette: “Eu sou a Imaculada Conceição!”

      Nossa Senhora revela o inferno aos pastorinhos por que viu neles a dificuldade de entender a condenação das almas. Por serem crianças muito humildes, eles não entendiam muito descrições muito metafóricas.

      O milagre de Fátima tem repercussão imensa entre os católicos, por vários motivos. Ele nós atinge em vários aspectos, começando pela simplicidade dos santos pastorinhos, indo até a questão dos milagres pessoais, a força da fé em Nossa Senhora de Fátima operou milagres por todo o mundo.

      Sobre a incorruptilidade, ela poderia ser relacionada também com a manutenção da fé. Ver um Santo incorrupto poderia levar à conversão, por exemplo.
      Sobre o fato de não poder cremar não sei, porém acredito que seja mais por ser um hábito muito pagão. E como outros vários hábitos hoje populares que vêm dos pagãos, a igreja pede que enfim, evitemos né.

      Sobre o terceiro segredo, acho que o mundo “secular” vê a igreja católica apostólica romana de uma perspectiva muito sistemática, por ser tão gigante e organizada há quase dois mil anos. Mas o conteúdo da nossa fé é altamente místico, basta entrar em uma igreja bem cheia de afrescos e começar a perguntar os significados das diversas pinturas, é fascinante. Também recomendaria que fossem a uma missa de rito tridentino, por exemplo. O rito em latim é lindíssimo e eu digo sinceramente que foi o que me converteu de “não praticante” para católica de verdade, confessando, comungado e rezando o terço. O que aliás, é a peça chave para a conversão e a salvação segundo as aparições de Nossa Senhora em Fátima. O que eu quero dizer com tudo isso que certamente há uma explicação muito legal para o confuso terceiro segredo, algo extremamente místico, enraizado na fé, na ancestralidade da igreja, etc.

      Novamente, obrigada a todos os envolvidos, adoro quando a Tupá participa e fico muito feliz de encontrar pessoas como ela, que tratam com tanto respeito e até defendem a fé católica, como ela o fez (na minha opinião) no episódio sobre a bruxaria, por exemplo.
      Abraços!

      • Thiciana Sasse

        Não sei usar internet, gente, publiquei como resposta, aff.

        • HAUSHAUHSAUHSA

        • Nilda Alcarinquë

          Com o tempo você pega o jeito disso aqui.
          Eu tenho problemas pra postar no Facebook (que detesto)

          • Thiciana Sasse

            Eu sou meio anacrônica mesmo. Se o correio não fosse longe da minha casa eu preferiria escrever uma carta.

  • Sir Jones Kast, Ph.D.

    Ô papai, que delícia!

  • Tibério Augusto da Rosa

    E se os segredos forem anúncios das grandes guerras mundiais?…

  • willia

    podcast iniciou full pistola, nunca tinha parado para pensar que Jesus nunca foi cristão, e faz sentido.

  • Fernando Rocha

    Gostaria de acrescentar duas coisas, não para discutir, mas apenas acrescentar:

    1. Sobre aparição de anjos antes de uma grande revelação, temos isso também, não sei se tem mais denominações religiosas, no Judaísmo e no Islamismo, todas religiões Abramicas, da raiz de Abrao.

    2. Segundo Stark & Bainbridge, no seu livro – Teoria da Religião, tem um conceito de seita e culto, que eu gosto muito, seita – ele chama de uma ruptura desviante mas que mantem a tradição da organização religiosa original (Exemplo – As novas igrejas neo-pentecostais surgem todos os dias no Brasil); Culto – tem o mesmo conceito de seita, mas diferencia-se por não manter a tradição de sua ruptura.

  • André C.

    “E TALS…” GUERRA, Tupá. :D

  • Nilda Alcarinquë

    Olás

    Há um contexto histórico que também precisa ser dito sobre o milagre de Fátima: A monarquia portuguesa foi deposta em 1910, sendo proclamada a República. Como parte das medidas tomadas pelo novo governo foi decretada a separação entre estado e Igreja, com a expropriação de muitas propriedades eclesiásticas, além da abolição de vários feriados religiosos.
    Por mais que a monarquia não fosse mais popular, as mudanças que estavam ocorrendo no país, somados à guerra no restante da Europa, ajudaram a criar um clima propício para visões, profecias e misticismo.
    Bem, é isso por enquanto

    abraço

  • Fa

    Duas coisas:

    1 – Os ex-votos dos ateus é o dinheiro que eles pagam pros médicos, já viram o preço de uma consulta??? XD
    2- Citaram um livro na leitura dos comentários que, se entendi bem, é de Marion Zimmer Bradley, que no caso é uma autorA, não um autor. ^^

    No mais, Mundo Freak cada vez mais nos top 3 dos meus podcasts preferidos. <3

    (sdds, Tupá!)

    • Thiciana Sasse

      Sim eu que falei do livro e digitei errado :P
      Meu filho arrancou a tecla N e volta e meia fica faltando essa letra nas coisas que escrevo.

  • Nicole Claus Nunes da Silva

    Aqui no sul a romaria não é pra nossa senhora de Fátima, é pro santuário de Nossa Senhora de Caravággio (também conhecida como romaria das bergamotas), pois minha região (serra) tem colonização italiana.
    As pessoas (inclusive membros da minha família) vão a pé das cidades vizinhas (ou seja, km de distância), às vezes de joelhos ou carregando imagens, fotos e presentes para pagar promessas e fazer pedidos.
    Foi até construído um Relicário pois a antiga igreja já não tinha mais espaço para os presentes de agradecimento.
    Não sou praticante, mas a energia do lugar é fortíssima.
    Minha avó conta uma história que eu acho super engraçada sobre um exorcismo ou algo assim, que aconteceu dentro da igreja antiga e o diabo fugiu pela janela, assim quebrando o vidro.
    Super recomendo a passada pela santuário se vierem pra serra gaúcha! A comida é maravilhosa e o lugar é muito bonita.

    • Nicole Claus Nunes da Silva

      Um adendo: acho engraçada a forma como as pessoas se sacrificam andando quilômetros, às vezes descalças ou carregando peso, em baixo de sol forte ou chuva e oferecem imagens e presentes como pagãos adorando seus deuses.
      Mas os pagãos estão errados né

  • Jyuu Calango

    Pessoal tem comentários tão interessante que vou comentar besteira. Eu tenho medo de Nossa Senhora de Fátima, quando era criança, década de 90 e tava fazendo 1ª comunhão , resolveram passar o filme sobre a aparição em Fátima, nem lembro direito do filme, só lembro que passei quase 1 mês tendo pesadelo com o filme. E na escola, em maio que é mês das novenas dedicada, me chamaram pra interpretar uma das crianças. minha interpretação consistiu em ficar de joelhos a missa inteira em frente a uma menina que fazia o papel de Nossa Senhora.

  • Helil Neves

    Sei que pode ser preciosismo chamar atenção para isso, mas essa tradição de assustar as criancinhas com o Jesus medonho, que apavorava o pequeno Andrei, é mais antiga do que vocês estão lembrando. Esse clipe é do tempo em que o SBT ainda não tinha mudado de nome, e era chamado de TVS!!!
    Agora eu pergunto, quantos de vocês se lembram que o nome antigamente era esse? Pois é, eu peguei essa época, rsrsrsrsrs…

  • Guinada radical do MFC, dissecando um dos aspectos mais assombrosos e polêmicos da religião católica, e que ainda é tabu para outros veículos de informação.
    A escalação do time de participantes também é outra coisa que tem me chamado atenção, ao ouvir linearmente todo o histórico de podcasts do MFC.
    Ultimamente ninguém fica deslocado com o assunto abordado, ficando só nas opiniões aleatórias. Cada participante tá acertando o tempo todo nas considerações, agregando valor ao tópico da semana.
    Outra coisa que reparei, ouvindo todo o arquivo de podcasts; apesar do flerte constante com o mundo desconhecido, revirando os cantos mais obscuros da humanidade, o MFC nunca cede à aquela pressão das teorias conspiratórias, que é sempre um lugar comum em outros canais alternativos.

    • Marcos Keller

      ❤❤

  • Beatriz

    Gente, os comentários que são lidos no final são os daqui ou tem que enviar por e-mail?

  • Bruno Moura Dourado

    Bela Jaú = Litrão barato

  • Rafael Flores

    Pesquisando um pouco mais sobre as aparições de N. Senhora em Fátima vi que há muito assunto para futuros podcasts rsrs, estou no aguardo da parte 2 ou do especial “aparições marianas” rs. Só a página da wikipédia já menciona algumas controvérsias, acusações de fraude e contextualiza o cenário político em Portugal e na Europa, dando margem para um olhar mais cético sobre o teor das mensagens recebidas (ressaltando também o nível de instrução e a relação com o catolicismo que as crianças tinham). Por outro lado, também há elementos muito curiosos que dificultam a negativa do “sobrenatural”, como o milagre do sol, etc. Fuçando mais achei até uma teoria de que a Lúcia foi morta e “substituída”, e também considerações interessantes para a descrição inicial dada à aparição, não correspondendo muito com a imagem padrão da Igreja para N. Senhora. Sobre a importância para os católicos e para a Igreja, parece que os papas passaram a dar muita relevância para o episódio após os anos 40, reiterando as consagrações à N. Senhora de tempos em tempos (e, claro, falando da ICAR e sua história, sempre fica a dúvida sobre a motivação política ou religiosa de seus atos…)

  • Argo Tele

    essa historia do pio XII não é bem assim, na verdade foi um papa que combateu muito o nazismo
    esse vídeo é interessante pra quem quiser saber mais detalhes

    https://youtu.be/aWBGlHJwdzc