Popularium 01 – Os filhos do Boto

Popularium é um projeto especial onde iremos dissecar mitos, lendas e folclores de maneira a entender como eles surgiram e como dialoga com a sociedade. Nesse episódio falamos sobre um dos mais populares contos populares nacionais, o boto, e descubra os filhos deixados por ele.

Perdeu o piloto? Escute ele aqui.

Narração e pauta: Andriolli Costa.

Produção e edição: Andrei Fernandes.

Roteiro com referências e bibliografia.

Se quiser baixar esse episódio em .rar, clique aqui e em salvar como.

Esse episódio é oferecido e financiado pelos nossos apoiadores, torne-se um deles clicando no link abaixo.

apoiase

Sobre Andrei Fernandes

Ver todos os posts

Designer, Ilustrador, aspirante a escritor, blogueiro e freak nas horas vagas!

16 Comentários

Participe da conversa →

Facebook

comentários

  • Fernanda Mendes

    Muito bom!

  • Marcelo Teixeira

    Sensacional! Eu curto demais os mitos populares, já pesquisei bastante o assunto e confesso que os contos do boto são os mais interessantes.
    A forma como Antonio Juraci Siqueira explica o porquê dele ser o filho do boto é uma visão nua e crua da realidade do nosso país, principalmente na região norte. Uma visão um tanto comunista, mas não deixa de ser real.
    Enfim, foi um ótimo episódio. Andreolli tá de parabéns. Sua voz é muito tranquila e realmente me transportou para o mundo do popularium.
    Novamente, parabéns e até o próximo episódio!

    • Andriolli

      Muito obrigado, Marcelo! Caminhe conosco. Esse é só o começo :)

  • Aqualad/Muleque-Piranha

    o pai do Aquaman é da terra firme… seria ele um filho do boto-reverso ?

    pra quem perdeu a novela… Ritnha é filha do boto!

    https://globoplay.globo.com/v/5805489/

    abs

  • Virei fã do Andriolli, tanto aqui como no Mitografias. Eu confesso:é minha inspiração para o meu próprio podcast, mas eu nunca serei tão bom quanto ele.

    • #AndriolliParaPresidente

    • Andriolli

      HAhahha! Obrigado, Leandro! Fico muito feliz. Seu podcast é sobre mitos?

      • Olá Andriolli. É sobre música. Conto histórias sobre uma música. Queria fazer como você z mas sai eu mesmo hahaha. Se chama Ergo e está no CNeG.

  • Suélen Lucena

    Olá, gente! Mais um episódio cheio de informação e cultura! Sou nortista e desde que me lembro ouço histórias sobre o boto. Na cidade em que nasci (Porto Velho) é comum irmos pra beira do rio admirar o tucuxi e ouvir suas histórias. Só quero acrescentar um ponto. O popularium sobre a Mula sem Cabeça trouxe algumas possíveis explicações pro mito. Sobre o boto é comum se ouvir atualmente que essas lendas eram uma forma de esconder abusos sexuais em comunidades ribeirinhas, o que é muito triste. Até mais!

    • Pois é, uma triste realidade da nossa terra. Obrigado pelo comentário.

    • Andriolli

      Oi, Suélen! É realmente triste. Um tema que fascina e choca a cada descoberta.

  • Sir Jones Kast, Ph.D.

    Ô papai, que diliça!

  • Philippe Sartin

    Cara, parabéns mesmo. Estamos num outro nível de podcast. Roteiro muito bem escrito, bibliografia, narração impecável, e uma (como sempre) ótima edição. Além do tema que, por trás de toda galhofa que se encontra na internet, é extremamente rico e permite tantas interpretações.

  • James Silva

    Gente, que podcast maravilhoso!! Eu sou paraense e vi minha cultura ser representada de forma magistral, obrigado!
    As histórias são clássicas aqui no Estado e foi um prazer ouvi-las nesse formato sensacional.

    P.s.: Apenas uma correção insignificante, o nome da cidade citada como “Abaetuba” na verdade é “Abaetetuba”, um erro bem compreensível.

    No mais, adorei o formato. Parabéns!

    • Andriolli

      Poxa! Lamento o engano, James! Fico feliz que ainda tenha se sentido representado. Continue conosco que dia 15 tem mais :)

  • Rodrigo Fonseca

    Que trabalho sensacional!