Mundo Freak Confidencial 104 – A Revoada e a noite dos OVNIS

Enxergar objetos não identificáveis nos céus não é muito difícil, mas certos eventos ainda permanecem um mistério. 30 anos da enigmática noite dos OVNIS no Brasil e diversos outras na história parecem marcar os relatos por séculos. Será que existe uma guerra que nem ao menos sabemos da existência?

Nesse episódio do Mundo Freak Confidencial, o investigador Andrei FernandesRafael Jacaúna e Igor Alcantara se unem para desvendar os grandes episódios das revoadas dos ovnis!

Download do episódio compactado em formato RAR. Clique aqui com o botão direita e selecione “Salvar Link Como”.

EIVCAIH

UFO St. Louis

Comentado nos recados!

Comentado no episódio!

 

banner

assineCole esse linno seu agregador de feed ou no iTunes na opção “Assinar Podcast” na aba “Avançado“. Se seu iTunes for o mais atualizado apenas coloque “Assinar podcast” na primeira aba do menu. Ou assinar direto pela iTunes Store, clicando nesse link.

E-mail

Se quiser assinar nossos programas e receber mensagens quando um novo episódio é lançado, faça o seguinte:

  1.  Clique no botão abaixo!
  2. Uma nova janela irá se abrir, então clique em “Use Recipe”!
  3. Efetue o cadastro com o e-mail que use com frequência e ao final clique em “Create Account” 
  4. Clique novamente em “Use Recipe” e pronto!

IFTTT Recipe: Receba os episódios do Mundo Freak por e-mail! connects feed to email

msg

Entre em contato com a gente, deixe seu comentário, sua revolta ou sua solução! Mande e-mails com sugestões, críticas, elogios, spams para contato@mundofreak.com.br ou siga-nos Pelo Twitter e curta nossa página do facebook.

Sobre Andrei Fernandes

Ver todos os posts

Designer, Ilustrador, aspirante a escritor, blogueiro e freak nas horas vagas!

68 Comentários

Participe da conversa →

[fbcomments]
  • Victor Hugo Cardoso

    Todo programa de et, ufo e afins me lembra uma comunidade no orkut chamada: Teoria da conspiração. TDC para os que viviam lá. Nesta comunidade, sempre tinha um sujeito chamado jorge que se dizia membro da fraternidade branca do ashtar. Ele contava que certa vez fez uma regressão e descobriu que era da frota do ashtar e que já tinha sido de atlantida também. quase todo dia ele atualizava a posição do ashtar, das naves, da galera et do mal que quer destruir o universo. Eu lembro que já perdi mais de uma hora só lendo as historias que ele jurava ter vivido. Era uma fritação foda, sempre que vejo um programa de ets, espero alguem que nem o jorge, fritando mto, contando onde estão os ets, o que eles gostam de fazer, qual o plano maligno deles etc. Nada menos que isso

    • Eu era um membro fiel da TDC, um dos poucos que usava o perfil real, com meu prório nome e foto. Também era um dos poucos que tentava discutir as conspirações de forma lógica.

      Nunca esquecerei o maior tópico da comunidade: “Experimente deixar de usar desodorante”. No link abaixo:

      https://orkut.google.com/c69619-t341f4f44b135b576.html

      • Victor Hugo Cardoso

        UHAUHUHUHAUHHUA meu santo ashtar, eu lembro deste tópico. Tenho que confessar que durante a época que eu frequentava o tdc, eu acreditei que era o desodorante que causava o mau cheiro. Me lembro até de ter falado pros meus pais sobre isso. Bons tempos. Lucas a tdc era muito boa, mas achava muito difícil discutir la. Não sei se vc se lembra de um perfil fake chamado cebolinha. eu participei de algumas discussões, a maioria o cebolinha trolava. Acho que ele foi o primeiro troll de internet que conheci. Obrigado pelo link, vou perder um tempo nele relembrando.

        • Hahahaha lá tinha gente de todo tipo. Tinha o cebolinha, e tinha vários outros que trolavam. Tinha a galera que acreditava em tudo o que os outros escreviam, especialmente se tivesse link pra alguma matéria, seja fake ou sensacionalista. Existia pouco ceticismo na internet de várzea, a galera foi aprendendo tomando cascudo. O engraçado é que a galera que começou a usar internet de forma social recentemente, através do whatsapp por exemplo, está passando pelo mesmo processo de aprendisagem. Os meus tópicos favoritos eram os menorzinhos justamente por que dava pra conversar melhor. Mas como eu era muito novo, quando eu apresentava algum argumento lógico, eu ouvia de volta um “fica queto e deixa os adultos falarem” hahahaha como se idade indicasse maturidade né. Como ousa um pirralho dizer que desodorantes não causam mau cheiro? Hahahaha. Eu acho que por frequentar mais de noite, tinha menos gente também. De dia era um inferno, nem dava pra acompanhar – ainda mais com as respostas organizadas cronologicamente, sem thread. Cara, quantos tópicos não começaram com “Na União Soviética” hahahahaha.

      • FHC

        Poooorra! Genial essa comunidade. Eu sempre lamento por ter demorado muito pra ter internet em casa, o que contribuiu para eu nunca me dedicar as comunidades do orkut, já que gastava todo o domingo que custava um pulso caçando estrela no Google Earth

        • Eu também demorei pra ter em casa. Eu entrava quando ajudava meus pais no trabalho a noite e, entre organizar uma tabela e outra, comentava lá no TDC. E faço isso até hoje no Disqus hahahaaha. Caraaaamba tu me lembrou do primeiro contato com o Google Earth. Como era mágico! haha

          • FHC

            Nem me fale! Quando achava uma nebulosa foda já dava print e virava wallpaper. Imagina a paciência do muleque esperando na discada as imagens carregarem toda vez que mudava de ângulo.

      • Sir Jones Kast, Ph.D.

        Enquanto isso a comunidade do Hulk só cai.

    • inuyashagui

      Haha eu tambem era integrante dessa comunidade

  • Sir Jones Kast, Ph.D.

    Ô benino!!! Hoje é sexta? Fui pego de surpresa, mas não abduzido. Não pode ser!!!

    Vamos que vamos, isso muito me interessa.

  • Sir Jones Kast, Ph.D.

    Na imagem de “live” ali, parei de contar em 398 OVNIS…foram infinitos que passaram nesse dia?

    • Jacarepaguá – Avatar da Treta

      Por volta disso ai mesmo… tira uns 3 dias que depois reinicia o GIF… Confia no abigo.

  • Sir Jones Kast, Ph.D.

    Jacaré perdeu essa, talvez só apareça amanhã. Por essa ele não esperava.

    • Jacarepaguá – Avatar da Treta

      Eu tava aqui o tempo todo… Só vc n viu… N da pra ficar comentando o WorldEstranho lá do Odisséia. =D

  • inuyashagui

    Caramba! Que bela surpresa!!!

  • Pra quem curte, eu sai no Bit Studio dessa semana falando sobre…

    FUNK!

    http://bitstudioamp.com.br/post/144953731533/bit-studio-jam-15

  • Paulo Schroeder

    MFC já? Wtf

    Adorei.

  • Makalyester Caukim

    Sempre gosto de ouvir o cast desenhando, mas acabei adiando os desenhos pro feriado e só hoje estou ouvindo o programa passado e venho aqui só pra dizer que me identifico muito com o Rafael, que disse ser um professor de história que não de esquerda. Fazendo um curso de humanas (letras) e sendo um anti-esquerda, também acho, de vez em quando, um inferno aquela turma, principalmente os grupos de whatsapp e facebook, por isso sou tão fã do Rafael, aliás, viva Ashtar, a terra é oca e um dia a pedra da Gávea vai levantar e estaremos todos ferrados, ou não…
    Quando terminar de ouvir esse programa, volto pra comentar.

  • Diego Gonçalves Teixeira

    Estou em êxtase com tantos programas de Ovnis/Alienígenas seguidos. Manda mais, pode mandar mais.

  • Jacarepaguá – Avatar da Treta

    Perdi o first pq tava liferulando… Agora tbm n quero mais comentar… Culpa dos et’s tudo…

  • Jacarepaguá – Avatar da Treta

    Ah… quem eu quero enganar, eu adoro floodar essa tranqueira. =D

  • Jacarepaguá – Avatar da Treta

    O foda que não vai dar para acompanhar amanhãa, pq o IP da porra do trabalho ta bloqueado, neh Boliviano… Ai tu me fode. Em casa e na rua eu to ocupado d+ para bater papo aqui nesse lugar freak… han han? =D

  • Jacarepaguá – Avatar da Treta

    Então, imagino que alguma raça invasora tentou atacar a terra, e raças protetoras da humanidade interviram… Ou tava rolando um baile de favela perto das redondezas espacias da terra, e no meio dos Piuuu psiiiiuuu zraaaaammm e vraaaauuuu, usaram a atmosfera da terra para manobrar… http://stream1.gifsoup.com/webroot/animatedgifs1/1090754_o.gif

  • Jacarepaguá – Avatar da Treta

    Btw… bora Bahia minha porra *tourinho feelings*… Podcast de et e ciência > hocus pocus/pirlim pimpim/Yu Mo Gui Gwai Fai Di Zao/Paranow eh paranoweh paraná e de satanagem. Segue essa linha que ta bem, Boliviano.

  • Makalyester Caukim

    Terminei de ouvir o programa, foi muito maneiro, mas acho que podia ter um programa só sobre a noite dos ovnis de 86, ou não, talvez, quem sabe?…

  • Ricardo

    Ebaaa!!! Mais cedo!

  • Vou ter que ouvir de novo. Meu cérebro desligou da metade pro final do episódio.

    • Erich Bragança

      Também. Acho que ficou meio morno, não sei. Esperava mais desse cast

      • Meu problema nesse dia é que eu estava doente. Tentei ouvir com muita dor de cabeça e realmente meu cérebro desligou. Mas ouvi ontem e gostei bastante. :D Não achei morno não. Foi legal, pq foi algo que eu me lembro da época.

    • Aline Brum

      Meu cérebro sempre desliga, pq eu fico fazendo mais de uma coisa ao mesmo tempo, aí eu tenho que ficar voltando o cast td hora. :S

  • Paulo Carvalho

    Apos 2 anos pedindo, finalmente saiu esse cast!!!!
    Vamos conferir se atendeu a expectativa

  • Aline Brum

    Pra mim, ETs são seres humanos do futuro.

    • A boy has no name

      4400 :P

      • Aline Brum

        É uma série, né?

        • A boy has no name

          sim, temna netflix, é divertida kk

          • Aline Brum

            Ah, que legal! Vlw.

  • Alessandro Fernandes

    Adorei o episódio. Todos de parabéns.

  • Alessandro Fernandes

    O fato de ser uma tecnologia avançada não implica necessariamente em não ser detectável por radar. Isso pode ser totalmente irrelevante para os visitantes.

  • Henrique Tavares

    Sobre Los Angeles, existe um detalhe do relatório oficial de 83 que pouco se dá atenção: existe um sinal no radar que se aproxima da costa durante a noite no incidente, o que aumenta a tensão. O detalhe é que ao estar realmente alcançando a costa, o sinal… desaparece.

    Sobre o Brasil, que é o único que considero realmeeeente inexplicável, concordo bastante com o Andrei. A única explicação mais próxima é a de um fenômeno celeste raro ou mesmo sem ocorrência prévia – pelo menos não parece alguma vez ter tido ocorrência dele na região, pela comoção que gerou. De tanta gente veterana envolvida e que vive de, estudar, olhar e voar pelo céu, eu esperaria que algum deles reconheceria um desses fenômenos meteorológicos. No mínimo se deduz que é um evento meteorológico desconhecido pela aeronáutica brasileira, que já é algo impactante. Outro detalhe, o Igor falou que não há dados suficientes, mas existe um relatório oficial de 2009 (que é o que se compromete ao concluir que os movimentos eram deliberados e dotados de certa inteligência), e fitas contendo 13h de gravações das conversas com as torres que foram liberadas em 2015. Mas é bom saber que vai ter outra bancada pra reavaliar os dados daquela noite, vai ser interessante se tiverem novos dados.

    E sobre os Foo Fighters, podemos ter um podcast inteiro sobre eles, Andrei ;)

  • Nilda Alcarinquë

    Olás!

    Sobre a noite dos OVINIs: a reportagem do Fantástico e da TV Manchete são interessantes mas não mostram tudo o que foi este evento na época.
    Lembro que a noticia de que algo estranho estava acontecendo foi noticiado no Jornal Nacional, pois muitos vôos foram atrasados e os aeroportos ficaram um caos por algumas horas. Vários jornais teorizaram, noticiaram e entrevistaram passageiros, pilotos, especialistas e não especialistas.
    Acabei de confirmar, o evento foi numa segunda feira. Foi uma semana inteira de conjecturas nos rádios e na TV.
    Pilotos comerciais se negavam a dar entrevistas, ao mesmo tempo que passageiros relatavam ter visto luzes. O quanto estes passageiros queriam aparecer ou se viram algo, não dá para saber.
    Uma das explicações que foi muito discutida durante a semana é que poderia ser uma Aurora Austral. E lá foram explicar na TV o que era uma Aurora, que a mais conhecida era a Boreal, e se era possível, ou impossível, tal evento ser visto em São Paulo.

    A única coisa certa é que houve algo anormal, e que é um dos poucos eventos não explicados que foram admitidos como tal por autoridades. Não tem como alguém dizer que foi invenção de maluco.
    E infelizmente este evento é menos conhecidos dos brasileiros que eventos que acontecem nos EUA, México ou Rússia.

    Ah, e só pra contextualizar: estávamos vivendo a transição do Regime Militar pra um mais democrático, o plano Cruzado havia começado a vigorar em fevereiro de 1986 e o presidente era o José Ribamar. E eu já tinha 18 anos.

    abraços

    • Erich Bragança

      Muito Interessante seu comentário.

  • Oiii
    Então, eu gostei muito do cast, achei bem interessante. Já tinha ouvido falar sobre.
    Sabe o que é mais engraçado? Eu sou uma pessoa que acredita muito em espíritos, aparições e etc, mas em alienígenas eu sempre fico com o pé atrás. Não sei se eles se mostrariam tão fácil para nós hahaha sinceramente não sei nada :x

    Ps: Esse barulho do whats é chato demais

    Beijos

    • A boy has no name

      sou o oposto, dou muito mais credibilidade a extraterrestres que fantasmas e afins kkk

  • Nilda Alcarinquë

    Esta história na Califórnia me lembrou muito um filme do Steven Spielberg: 1941 – Uma guerra muito louca. Acho que no filme exageram um pouquinho a histeria da época, mas vale um conferida:
    https://www.youtube.com/watch?v=Fzvq1h46alg

  • Sempre que vocês falavam sobre o Parallax só conseguia lembrar do vilão da Dc, um dos principais inimigos dos Lanterna Verde, o vilão se alimenta de medo e também trás medo a seus inimigos, é bem interessante, mas não tem nada a ver com o Parallax que vocês disseram. huahusash

    • inuyashagui

      Sinestrooo mano!!! HHAHAHAHHA

  • Olá Freaks, achei demas o episódio. Quanto aos fenômenos brasileiros acho muito interessantes, gostaria de comentar algumas coisas que foram faladas, no que tange fenômenos atmosféricos, que acredito ser a melhor explicação para o ocaso de ser algo que não envolva nenhuma inteligência por trás do evento; primeiro que os pilotos que estavam envolvidos na operação, eram pilotos treinados e na ativa, preparados para disparar armas, acredito que na escola de aviação eles devam pesquisar e aprender sobre fenômenos atmosféricos principalmente para não atirar um míssil em um. Segundo, fenômenos atmosféricos acredito não aparecem em radar (alguém me confirma por gentileza), muito menos se movimentando. Terceiro, isso aconteceu em uma área GIGANTE, ou seja todas as condições atmosféricas que poderiam fazer com que o algo acontecesse deveria ser a mesma em uma região muito, mas muito grande mesmo, só pra constar aconteceu quase que no sudeste inteiro,Goiás e Paraná.

    Portanto para mim, não foi fenômeno atmosférico.

    Agora, relembrando aqui as gravações que foram liberadas, principalmente a dos pilotos, uma em especial. Tem um momento que o piloto está pronto para atirar, ele entra no modo que os mísseis estão destravados e pronto e pelo áudio da pra observar que eles está apreensivo e esperando o melhor momento para que possa atirar, ficam alguns segundos assim, o piloto e o comandante. Então o bagulho acelera a 15000 KH, 15000 K por horaaaaaaa. Por que ele faz isso BEEEEM na hora que ia levar um míssil na cabeça ? Isso que nem vou comentar a velocidade, que não é atingida por coisas triviais, muito menos em condições normais, se é que existe algo criado pelo homem que possa fazer isso dentro da atmosfera.

    Outro fator muito importante, é que as luzes eram interativas, não eram simplesmente luzes que ficavam ali paradas. Fora outras muitas descrições que podem ser vistas no vídeos.

    Portanto para mim é certeza que havia um inteligência envolvida, tirando o fato de que o presidente da petrobras estava envolvido no lance e tudo poderia ser uma conspiração golpista tucana e pmdbista para tirar a Dilma do poder; entretanto, algo que acelera a 15000 kmh faz com que claramente sejam = ALIENS.

  • Rodrigo Paixão

    Eu sou cético! E por isso, minha teoria sobre os Foo Fighters é que são observadores do futuro.
    Mais especificamente NÓS, em um futuro distante voltaremos nas datas importantes para confirmar os relatos da história.

    • Acreditar nos viajantes do tempo e não nos extraterrestres não te faz cético, mas um believer seletivo. hehehe

      • Rodrigo Paixão

        Eu acredito que Aliens existam, só acho muito improvável eles se “preocuparem” com a gente!

        • A boy has no name

          só estão longe demais para virem de tão longe pra nada ^^

  • inuyashagui

    Só pra constar, um dos que enchem o saco do Andrei pedindo um programa sobre a operação prato sou eu!

  • Vitor Canuto

    CRÍTICA CONSTRUTIVA:
    Se aprofundem mais no TEMA.
    A noite oficial dos OVNIS é um prato cheio para um podcast dedicado SÓ para isso, mas vocês se basearam no que passou no fantástico, por exemplo.
    Hoje as fitas da torre de controle já foram liberadas (3 Horas de Gravação). Recentemente liberaram a fita do piloto de um dos Caças. Tudo tem tempo real. Um conteúdo que vale ouro para esse podcast. Mas vocês resumiram o caso em 13 minutos e, logo após, uma pergunta genérica, do tipo “O que vocês acham?”….

    Acompanho vocês ha algum tempo, mas acredito que falta aprofundamento da parte de vocês
    principalmente no tema de UFOLOGIA.

    Eu sei que é tudo corrido, mas com certeza vão muito mais longe se vocês se dedicarem mais aos temas.

    Digo isso porque gosto do podcast de vocês, e gostaria de ver ele crescendo ainda mais com um conteúdo de ouro.

    Esperava muito mais desse episódio…

    Outra dica: Acompanhem o canal BURN de ufologia no Youtube. Vocês vão conseguir trazer muito conteúdo de valor pra cá.

    Um abraço e sucesso!

    • Oi Vitor! Obrigado pela crítica, realmente o ritmo semanal nos atrapalha muito nesse tipo de rotina de estudo e acompanhamento. As vezes nos perdemos pelos casos antigos ja terem as mesmas informações e pode escapar alguma. Tentaremos contornar isso no futuro, mas claro, sempre haverá alguma perda pela periodicidade. :)

  • A boy has no name

    Primeiramente queria dizer que apesar de entrar no mundo dos podcasts pelo nerdcast a mais de 5 anos e ouvir semanalmente até hoje, encontrei outros podcasts alguns mantive, outros não. enfim, queria dizer que escuto o mfc a varia semanas como o meu podcast mais aguardado, é sem duvidas o mais divertido do momento para mim.

    Sou cético, dificilmente chego realmente a considerar como realidade os casos etc mas mesmo assim as discussões são ótimas, o host é fantástico e o mfc tem o melhor encapetado possível.

    Mas o comentário é uma crítica, cheguei ao mundo freak por conta de diversas citações de um membro de outro podcast, não pelo crossover nem procuras especificas, mas todas as vezes que esse cara citava vocês parecia muito empolgado e pensei, porque não tento ouvir e ver o que acho? pois bem, ouvi alguns de temas que me atraíram e fiz a maratona, nos últimos episódios da maratona vi que esse membro também estava participando aqui cada vez mais, pra mim foi ótimo outro cara super engraçado fazendo parte… mas um programa após um dos melhores de vocês(com a participação dele) fiquei sabendo que houve uma polemica pela maneira “desrespeitosa” que ele tratou os assuntos, na minha opinião apesar de sério o mfc também é um programa de humor e os próprios participantes desse episodio disseram que se divertiram muito gravando. Já sabem que estou falando do Marcelo guaxinim, e achei uma sacanagem terem cortado e nunca mais trazerem alguém que tão bem divulgou vocês

    entendo se realmente decidiram afastar ele para não perder uma parte grande do publico
    entendo se ele mesmo pediu para não participar
    e entendo se disserem que na verdade ele não está aparecendo por acaso

    Enfim, só queria deixar minha opinião

    • Oi Arya, cara a gente não cortou o Guaxinim não. O Guaxinim, assim como o Pablo (Amibos), Doug (GeekVox), Guizão (Grande Coisa), Rodney Buchemi (MDM) são convidados e não parte fixa do programa.

      E todos esses são pessoas que tenho acesso e posso chama-los para gravar todo o episódio. Mas como decisão que eu sempre tive, prefiro trabalhar com uma equipe fixa, rotacionando pelo conhecimento de cada um sobre a temática, para rolar uma identificação do ouvinte. Então é por isso que não rola crossover ou convite sempre! E muitas vezes um ou outro pode não caber pelo tipo de informação que pode adicionar no cast. Tudo é pensado pelo conteúdo e não para sustentar uma panela de amigos, já que quem faz o programa girar são vocês.

      Guaxinim é um brother nosso e tenho certeza que aparecerá mais vezes no futuro.

      • A boy has no name

        só nao pode deixar ele cego pra espancar ele depois ta?
        e não ignore a parte que considero o melhor podcast atualmente pra mim kkkk

        tudo bem, entendo claro só queria ter certeza mesmo que caso surja uma oportunidade ele nao deixaria de ser chamado.

        enfim, obrigado a resposta e sobre o cast, igual o vitor falou, eu li sobre a liberação dos audios no g1 e foi uma OTIMA surpresa um programa de voces com esse tema logo em seguida, achei que seria somente sobre a noite dos ovnis do caso, e gostei muito de ter trazido coisas a mais sobre o fenomeno, porem nem tudo é perfeito kk esperava sair sabendo mais sobre o caso mas de qualquer maneira foi um otimo programa parabens à equipe.

  • Bugu

    Sobre a noite oficial dos ovnis:

    Difícil de acreditar que tenha sido um fenômeno atmosférico. Qual fenômeno atmosférico voa em formação, apresenta comportamento inteligente, desvia e persegue aviões em voo e ainda aparece no radar?

    Faltou também a hipótese de um cometa/meteoro/asteróide(eu não sei o termo técnico exato) ter causado as luzes, o que explicaria porque as luzes foram registradas no radar. Só não cola porque os próprios documentos oficiais do exército relatam que as luzes andavam em formação, perseguiam e desviavam dos caças e também subiam. Que eu saiba pedaços de meteoro simplesmente caem sem desviar muito a rota.

    Outra hipótese é que aquilo era uma tecnologia espiã estrangeira, provavelmente projetada por engenheiros portugueses, já que dava para ver de longe a luz que eles produziam e até mesmo os radares brasileiros conseguiam detectar eles, e mesmo na época o Brasil não tinha exatamente a mais avançada tecnologia militar disponível. Fora que teríamos que acreditar que os EUA ou algum outro páis tinha uma tecnologia ultra secreta que até hoje parece avançada demais e resolveram arriscar que ela fosse revelada ou até mesmo capturada, caso algum desses aviões espiões caisse ou fosse abatido. Se os EUA ou a União Soviética ou qualquer outro país quisesse espionar o Brasil, um U2(daqueles que caiu na União Soviética) ou equivalente seria mais do que o suficiente e bem mais discreto.

    Para mim, pelo que eu pesquisei até agora, não existe nenhuma explicação satisfatória além da noite oficial dos ovnis ter sido causada por atividade alienígena inteligente(que nem o Sherlock disse: descarte o impossível e o o que sobrar, por mais improvável que seja, é a verdade. Ou algo assim)

  • Bugu

    Já que vocês pediram casos ufológicos fora do eixo EUA-Rússia-Europa-Brasil. Deve dar para fazer um programa, pelo menos

    1) 1976, no Irã. Um objeto foi detectado sobre Terã e dois caças f4 foram destacados para interceptá-lo. Foram registradas falhas dos equipamentos eletrônicos e dos sistemas de armas dos caças quando eles se aproximaram do ovni, que supostamente pararam de acontecer quando eles se afastaram dele. É um caso bem documentado, inclusive pelo exército dos Estados Unidos.

    2)Voo 1628, da Japanese Airlines, em 1986. Era um navio de carga indo de Paris para Narita. Eles avistaram dois ovnis e, segundo o relato da tripulação, chegaram a sentir o calor que emanava dos ovnis quando eles chegaram perto(não sei se conta porque os ovnis foram avistados perto do Alasca)

    3)Westall, 1966, em Melbourne, na Austrália: cerca de 200 pessoas estudantes e professores testemunharam um ovni que chegou a pousar e a levantar voo.

    4)Avistamentos em Yeni Kent, na Turquia. Uma série de avistamentos registrados entre 2007 e 2009. Tem um monte de vídeos, fotos e testemunham. Procurem por ‘Yeni Kent compound ufo’ para achar.

    5) Escola Ariel, no Zimbábue, em 1994: mais de 90 crianças testemunharam um ovni pousar no arredores da escola e ir embora.

    A África do Sul também tem uma quantidade razoável de casos, mas fiquei com preguiça de pesquisar o que valeria a pena colocar em um programa

  • Ovo com Fundo Roxo
  • HQ que baixei essa semana, hahah.

  • Ovo com Fundo Roxo

    Nesse episódio, as justificativas céticas do Igor foram meio derrubadas. Uma hora, ele criticava pois as testemunhas viam de mais, e a tecnologia alienígena nunca permitiria isso. Outra hora, ele criticavam pois as testemunhas viam de menos, e o céu estava muito limpo e muito escuro para os aliens passarem batidos. Apesar de que, sendo justo, nenhuma das justificativas céticas me convenceram dessa vez. Provavelmente são efeitos atmosféricos, mas definitivamente não acho que seja algum dos citados, e aquela do petróleo é a pior de todas :D Vejamos no futuro. Abraços!

  • WSRK

    Nossa… ainda bem que foi dito no podcast que os sun dogs é uma explicação simplória demais. Das fotos que tem no Google (incluindo quando o fenômeno é mais elaborado) é muito, mas muito diferente mesmo, do relato dado nos países onde o avistamento foi feito. Não tem nem como considerar isso como explicação viável. No avistamento na Alemanha tinham várias formas, incluindo ovni na cor preta (impossível para um sun dog).

  • WSRK

    A detecção do radar sofre influência do efeito paralax? Ou só ocorre para objetos visíveis ao olho nu? Pq, pelo que foi falado no podcast, ficou a impressão de que as chamas das plataformas poderiam, em combinação com o movimento do avião, gerar uma “imagem” no radar de que estivessem se movendo em paralax. Os ovnis não foram vistos a olho nu, só pelo radar. Chamas de plataforma geram imagens em radar que dão a impressão de estarem se movendo, mas na verdade estão sofrendo efeito paralax?

  • Willian Spengler

    E quando eu achei que o cast iria tocar no cerne da questão, ele acabou. A “Noite Oficial dos OVNIs”, de 1986, merecia um episódio exclusivamente seu, pela grandiosidade de relatos, informes e demais dados sobre o evento.