Artigo

[Mistério] Os supostos pactos famosos

Salve, salve nobres leitores. Aqui quem vos fala é o investigador Paulo Henrique e hoje iremos conversar um pouco mais sobre pactos, todavia, pactos realizados por pessoas famosas. Você já se perguntou como o artista X ou o artista Y são tão bons ou possuem tanta fama? Pois bem, alguns preferem acreditar que estes “dons” advém de entidades malignas. Acompanhe-me em mais uma jornada para tentar desvendar ou entender sobre os Pactos Famosos.

 

Robert Johnson

p20899n0d9i Eu, como grande fã dos Blues, não conseguiria imaginar como começar se não fosse por um dos maiores nomes –se não o maior- deste gênero artístico. Sim, estou falando de Robert Johnson nascido no dia 8 de março de 1911, na cidade de Hazlehurts, Mississipi, pouco se sabe da vida do Sr. Johnson antes da fama (até mesmo sua data de nascimento poderia estar equivocada); apenas compondo 29 músicas seria consagrado como o maior nome do “Delta Blues” – vertente do blues-, ganhador dos prêmios “Gremmy Awards” na categoria de melhor álbum histórico, no ano de 1990, e “Grammy Hall of Fame”, em 1998. Sua fama seria um tanto quanto misteriosa a partir do momento em que lendas acerca de pactos realizados pelo artista se tornarem comum nas cidades de suas apresentações. O que contribui para tal tese seriam as letras de suas músicas, grande parte das vezes mencionando o “capiroto” ou até mesmo referindo-se à ele como “amigo”, veja por exemplo na letra da música “Cross Road Blues”:

Eu acredito em minha alma agora

O pobre Bob está se afundando

Você pode correr, pode correr

Conte ao meu amigo Willie Brown

 

Pedi ao Senhor

“Tenha misericórdia, salve o pobre Bob, eu imploro”

Em pé na encruzilhada

Tentei conseguir uma carona.

Ou na música “Me and the devil Blues”:

No início desta manhã

quando você bateu na minha porta

Cedo esta manhã

quando você bateu na minha porta

E eu disse: “Olá, Satan, ”

Eu acredito que é hora de ir. ”

 

Eu e o diabo

Estava andando lado a lado

Eu e o diabo

Estava andando lado a lado

E eu estou indo bater na minha mulher

até eu ficar satisfeito.

 

Sobre a morte de Robert Johnson existem muitas lendas urbanas, em seu laudo médico apenas está escrito “No Doctor” (sem médico); A teoria mais aceita seria que ao se apresentar em um bar teria tomado um copo de Whisky envenenado pelo dono do estabelecimento – por motivos passionais-, outros dizem que ele teria morrido por doenças sexualmente transmissíveis e outros ainda dizem que teria saído correndo de “cães negros” que teriam vindo buscar sua alma.

 

Niccolò Paganini

paganini    Não sou apenas fã de Blues, uma segunda grande paixão é a Música clássica, acima de tudo adoro composições feitas com meu instrumento favorito: O Violino. Não podemos deixar de falar de violino em dueto com música clássica sem citar o mestre, Niccolò Paganini.

Com características macabras e um ar de mistérios o compositor foi consagrado como o maior compositor Violinista do século XX, revolucionando a arte de tocar violino, Paganini compôs as maiores e mais famosas músicas. Contudo, esta fama estaria repleta de mistérios quando as pessoas começaram a acusar o músico de ter feito pacto com o “Mochila de criança”.

Quando chegava em alguma cidade que iria se apresentar, todos choravam de alegria, rodas de fãs eram feitas ao seu redor e todos se matavam para poder comprar ingressos para sua apresentação, contudo, tanta habilidade começou a ser questionada: “De onde vem tal dom?”; Paganini teria composto as mais difíceis obras de todos os tempo no violino e reza a lenda que seu instrumento seria feito das vísceras de seu mestre – o Cramunhão-, e depois teriam sido trocadas por órgãos humanos. Nunca se preocupando com tais boatos, o músico seguiu sua carreira até o fim sem grandes preocupações e morreu com muita fama.

Na humilde opinião deste que vos fala, talento é talento e acima de tudo muito treino e dedicação teriam feitos ambos os artistas estrelarem a “fama”. Realmente gosto muito de tais teorias – assim como dos artistas- e defendo piamente que eles tinham o Dom de nunca desistir. Qual sua opinião leitor? Acreditas que estes pactos são reais? Conhece outros pactos ilustre? Conte-me. Chegou a minha hora, obrigado por terem ficado até agora e Não olhem para trás.

MUNDO FREAK NO APOIA.SE