Fomos e contamos como foi a Comic Con Experience 2015

A Comic Con Experience 2015 veio pelo segundo ano consecutivo trazer o melhor de cinema, séries, games, livros, hqs, colecionáveis, ou seja, tudo aquilo que faz parte integral da vida de um nerd. E nós como bons nerds freaks, trazemos até vocês tudo o que achamos dessa segunda edição.

O Mundo Freak marcou presença na CCXP 2015 à convite da Oz Produtora, e devo dizer que o espaço estava realmente maior, como prometido. Milhares de pessoas se agrupavam pelos corredores, atrás de novidades, colecionáveis, hqs, autógrafos, fotos com convidados e cosplayers.

Cosplayers que desfilavam entre os estandes, fazendo suas poses e causando alvoroço por onde passavam. A Comic Con Experience foi o espaço ideal para você se tornar o herói/vilão que sempre quis ser. Pouco importava se teu biotipo casava com o personagem ou se estava fazendo cospobre, o importante foi entrar na roda e se deixar levar por seus sonhos.

Os artistas foram outra atração que arrastou a multidão, com as presenças ilustres da lenda dos quadrinhos Frank Miller (Cavaleiro das Trevas), Evangeline Lilly (Lost), David Tennant (Doctor Who), Misha Collins (Supernatural), Hiro Kiyohara (Another), Krysten Ritter (Jessica Jones) e tantos outros que fizeram a alegria geral.

Mas na minha opinião, a melhor parte da CCXP 2015 era  o Artists Alley, com a reunião dos melhores quadrinistas da América do Sul. O local estava tomado de quadrinhos diversificados, prints e sketchbooks um mais lindo que o outro. Sem contar que você tem a oportunidade de pegar a obra das mãos do artista, com dedicatória especial e fotos. Foi incrível conhecer novos quadrinistas e bater um papo franco sobre suas obras, realmente não tem preço.

mf2015-ccxp-sidneygusman

Sidney Gusman e Andrei Fernandes

Porém não é só de flores que evento viveu. Infelizmente o local escolhido, São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, estava passando por obras, nos fazendo dar voltas e mais voltas em meio a construções, com o pavimento desnivelado. Fico imaginando a dificuldade para famílias com crianças pequenas, idosos e até mesmo cosplayers. A maioria dos estandes não apresentavam nenhuma atração aos visitantes, sem contar os preços exorbitantes ali praticados, eu esperava no mínimo um pequeno desconto. Também foi comum ouvir reclamações dos nossos colegas de imprensa, sobre a falta de informações e prioridades para acesso as salas de entrevistas.

Um evento dessa magnitude e com o valor dos ingressos altíssimo, deveria trazer atrativos a mais para os visitantes além de filas inacabáveis, preços altos de produtos e estandes com poucas atrações.

Sim, levo em consideração que estamos apenas no segundo ano de evento, e espero, esperançosamente que os próximos anos melhorem consideravelmente, trazendo um atrativo diferenciado e excelente para esse público lindo e nerd que não para de crescer.

Alguém marcou presença? Nos contem o que acharam e nos vemos numa próxima.

Fiquem com a galeria de fotos:

Sobre Lucas Tezotto

Ver todos os posts

Amante de livros, HQ's, mangás, cinemas e games, vive a melhor época existente para qualquer nerd.

1 Comentários

Participe da conversa →

Facebook

comentários

  • inuyashagui

    Show!!! Na próxima vou fazer de tudo pra ir!!!