Mundo Freak Confidencial 26 – Casos Insólitos 3

Fala freaks!

Mais casos insólitos para serem desvendados. Monstros marinhos, vendas de almas para o diabo e criaças aliens estarão sendo abordadas neste podcast!

O investigador Andrei convida Igor Alcantara e Guilherme para bater um papo sobre The Bloop, A lenda de Paganini e Starchild.

Comentado no Episódio

– Grupo do MFC no Facebook;
– Página do Google+;
– UTOPIA no Rio de Janeiro! Venha nos conhecer!

– The Bloop completo com espectrograma;
– Comparação Starchild com um crânio normal e como ele seria;

monstros

assineCole esse linno seu agregador de feed ou no iTunes na opção “Assinar Podcast” na aba “Avançado“. Se seu iTunes for o mais atualizado apenas coloque “Assinar podcast” na primeira aba do menu. Ou assinar direto pela iTunes Store, clicando nesse link.

E-mail

Se quiser assinar nossos programas e receber mensagens quando um novo episódio é lançado, faça o seguinte:

  1.  Clique no botão abaixo!
  2. Uma nova janela irá se abrir, então clique em “Use Recipe”!
  3. Efetue o cadastro com o e-mail que use com frequência e ao final clique em “Create Account” 
  4. Clique novamente em “Use Recipe” e pronto!

IFTTT Recipe: Receba os episódios do Mundo Freak por e-mail! connects feed to email

msg

Entre em contato com a gente, deixe seu comentário, sua revolta ou sua solução! Mande e-mails com sugestões, críticas, elogios, spams para contato@mundofreak.com.br ou siga-nos Pelo Twitter e curta nossa página do facebook.

Sobre Andrei Fernandes

Ver todos os posts

Falando de podcast com muita ousadia, alegria e misantropia. Também autor do livro Kalciferum, chanceler supremo do Freakstão e morador de Setealém.

17 Comentários

Participe da conversa →

[fbcomments]
  • Fala galera, esse foi o episódio mais reaça coxinha do MFC hehe, os casos insólitos foram muito vagos, primeiro aquele barulho sonar, nada a ver com nada não me convença que seria um animal que não conhecemos e também que seria um OSNI, vou mais pela opção do gelo derretendo e rachando, batendo em rochas.
    Sobre o Paganini é mais tosquera ainda, o cara não podia só ser bom por mérito? não ele fez um pacto com o cramunhão, muito subjetivo.
    E pra fechar o crânio alienígena do mal, como assim gente mãe humana e pai ET? como assim gente? Ok humanidade, fomos longe demais depois dessa, teoria nada a ver com nada, a descrição bate muito com a doença que comentaram.
    Episódio interessante para conhecer os assuntos, mas de confidencial não tem é nada hahaha!!!

    Pra completar Andrei ta bem malandrão pra fazer esse post, põe mais links relacionados ai ao episódios, quis ver mais detalhes e não tem! :(

    Obrigado pelo programa!

    Ps: puxão de orelha que vou deixar por ser um novo editor, o áudio tava muito baixo, em alguns momentos na rua quase não dava de entender. Dica de editor para editor, deixe o áudio alto sem estourar e o ouvinte tem o poder de diminuir caso ache necessário, porque o contrário normalmente não é possível.

    :)

  • Edson Oliveira

    O ser humano tem a péssima mania de diminuir o talento dos outros. Paganini é um caso típico. No livro “O polegar do vilinista”, o autor Sean Kean analisa as habilidades de Paganini, chegando à conclusão que, a mesma falha genética que lhe concedeu dedos mais flexíveis, também poderia ter-lhe causado os vários problemas de saúde. Link do livro: http://www1.folha.uol.com.br/livrariadafolha/2013/08/1329731-dna-explica-ate-pacto-com-diabo-diz-autor.shtml

    Quanto ao “filhote de ET”, baseado na extrapolação do crânio, de como seria se dono, acho que o ator Atticus Shafer, da série The Middle, é parente dele:

    http://www3.pictures.zimbio.com/gi/Atticus+Shaffer+40th+Annual+Annie+Awards+Arrivals+MoTabc98hYsl.jpg

    E, a respeito do barulho na água, estou com o Léo Bruski: Geleiras quebrando, mas batendo num copo gigante de uísque.

  • Tomy_Lee_Rola

    Podcast saindo na sexta e mesmo assim com um monte de comentários? Um sucesso repentino. Será que o Andrei andou se inspirando no podcast e foi pedir “ajuda” para aumentar a audiência? Olha aí! Olha aí!

  • João Lucas dos Santos

    Olá…
    Muito bom o programa.
    Gostaria de ouvir o argumento de que “se existe um Deus judaico-cristão, então não deveria existir diabo”.

    Isso não faz muito sentido, mesmo dentro da mitologia judaico-cristã.

    Att,

    • Eu entendi o raciocínio do Igor. Se Deus é perfeito, onisciente, onipresente e onipotente. Além de ter criado tudo. Faz pouco sentido ele mesmo ter criado um inimigo ou alguém que atrapalhe seus planos.

      A não ser se este for o plano. Mas é discussão pra outro podcast.

      • João Lucas dos Santos

        Hum…
        Deixa eu fazer uma pergunta aqui antes de responder: Sou novato por aqui (aliás, parabéns pelo podcast) e gosto de conversar sobre esse tipo de tema. Não andei pelos outros posts, mas esse tipo de assunto gera mais calor ou luz?

        Att,

        • Muito calor.

          • João Lucas dos Santos

            Eita.
            Então nem vou dar continuidade nessa história. E já peço desculpas se alguém gerar confusão por conta do meu comentário.

            Parabéns pelo podcast. Realmente é muito show de bola!

            Att,

          • Toda discussão é válida, não se acanhe. Contanto que tenha respeito pela crença dos outros pode dar seu ponto de vista a vontade.

          • Exato. O espaço aqui é para o debate.

      • Farao

        Tem muitas teorias que poderiam ser elaboradas a partir deste único ponto. Eu até teria algumas, mas deixa para quando for a hora. :)

    • Em um simples comentário eu não conseguiria explicar os detalhes do meu ponto-de-vista, mas vou tentar falar de forma resumida.

      1. – Se Deus criou os anjos como seres à parte dos humanos, sem o livre-arbítrio que temos (é isso que a Igreja acredita, mesmo que não divulgue aos quatro ventos), então ele os fez bons, correto? Se ele os fez bons, como a inveja e ganância poderia tê-los levado à queda se esta é uma característica humana? Eles já foram criados perfeitos, ou seja, eles não têm essa característica. Se tinham, Deus os fez errado? Se Deus é perfeito, ele não cometeria este erro.

      1.1 – Digo que os anjos são seres à parte não apenas por isso ser o que a Igreja diz, e por consequência as religiões derivadas dela: o protestantismo, o calvinismo, o anglicanismo e a Igreja Ortodóxica. Digo isso porque se não for assim, então os anjos seriam a alma de seres que já existiram, mas se Adão e Eva foram os primeiros, quem foi o demônio caído que tentou Eva em forma de serpente? Em que época ele viveu?

      2 – Se Deus nos diz para perdoarmos o próximo independente de qualquer ofensa, não teria ele também que perdoar a todos, não importa o erro? Sendo assim, o próprio Lúcifer não poderia ser condenado ao fogo “ETERNO”. Um dia, ele também poderia ser perdoado.

      Existem muitos outros pontos, mas vou me ater a estes dois.

      • João Lucas dos Santos

        Ok.
        Bem, entendo seus questionamentos e os respeito.

        Obrigado por responder. (Não vou dar continuidade nesse assunto para não gerar calor nessas discussão)…

        Parabéns pelo podcast. Realmente o Confidencial é um diferencial alto de vocês.

        • Não tem problema não, João. Pode expor sua opinião. Aqui no MF o pessoal sabe debater diferentes ideias numa boa.

  • Gau, o Gárgula

    Saudações Freaks! o/

    Passando para congratular, como sempre, o trabalho de todos, e dessa vez em especial do Guilherme pela edição e por abrir o cast com a incrível música Lillium de Elfen Lied!
    Bem agora vamos as opiniões.

    Sobre o Bloop, eu já o conhecia de outras garimpadas pelas internet. Eu entendo e acredito na explicação científica da coisa sobre o Icequake, mas ainda fica “na dúvida” se não poderia ser algo biológico. Nós conhecemos tão pouco dos nossos oceanos e fauna marinha. (Vídeo (EN) sobre coisas bizarras das profundezas: http://youtu.be/-c7hCWwTlrY)

    O lance do Paganini e do diabo é bem interessante. Eu acredito que haja casos de pessoas que tenham feito tratos ou contratos com entidades para ganhar poder, fama e etc, mas nesse caso do Paganini eu creio que seja puro mérito mesmo, o cara era bom e é isso aí. Se tivesse mais algum elemento “suspeito/sobrenatural” na história estaria mais inclinado a teoria do pacto, mas como não há…

    O Starchild realmente lembra os casos de crânios alongados que há em alguns locais ao redor do mundo, Peru e Egito por exemplo. A questão é que ele é muito fora dos padrões, tendendo muito mais a uma Hidrocefalia do que outra coisa como por exemplo um caso de Crânio Alongado “fora dos padrões” é a do faraó egípcio Akhenaton, que ficou por pouco tempo no poder, era “representante” de outro deus, o que não era comum, e decidiu fazer muitos tipos de mudanças em todo o império egípcio. (Texto sobre crânios alongados: http://imensidao-oculta.blogspot.com.br/2010/09/cranios-alongados-ao-redor-do-mundo.html)

    Bem concluindo minha “parede de texto”, o Bloop é duvidoso, o Paganini era um cara bom no que fazia, e o Starchild era apenas uma criança com hidrocefalia. Meu lado “beliver” dessa vez não venceu, maldita realidade chata.
    E isso é tudo pessoal! Um grande abraço! o/

  • Vitor Urubatan

    Lilium de Elfen Lied. Caralho essa música é foda demais.
    Já gostei…

  • Tarcisio Oliveira

    Essa música maravilhosa