Mundo Freak Confidencial 25 – Ocultismo com Marcelo Del Debbio

Reproduzir

Fala freaks!

Mestres secretos de tempos imemoriais guardam e passam o bastão para os ocultistas modernos. Sociedades secretas, magos, entidades e ideias que a muito tempo foram consideradas hereges e jogadas no obscurantismo da humanidade. Será que saber mais do que se deve pode prejudicar? O Ocultismo está aí, para quem quiser ver.

O investigador Andrei convida o ocultista e pesquisador Marcelo Del Debbio para bater um papo sobre os conhecimentos ocultos.

Comentado no Episódio

– Grupo do MFC no Facebook;
– Página do Google+;
– FREAK OUT SÃO PAULO! VENHA CONVERSAR COM A GENTE!

– Teoria da Conspiração – Site do Marcelo Del Debbio;
– Compre Pequenas Igrejas Grandes Negócios;
– Catarse As Aventuras de Lilith;
– Episódio de Cabala com Rafael Moco;

monstros

assineCole esse linno seu agregador de feed ou no iTunes na opção “Assinar Podcast” na aba “Avançado“. Se seu iTunes for o mais atualizado apenas coloque “Assinar podcast” na primeira aba do menu. Ou assinar direto pela iTunes Store, clicando nesse link.

E-mail

Se quiser assinar nossos programas e receber mensagens quando um novo episódio é lançado, faça o seguinte:

  1.  Clique no botão abaixo!
  2. Uma nova janela irá se abrir, então clique em “Use Recipe”!
  3. Efetue o cadastro com o e-mail que use com frequência e ao final clique em “Create Account” 
  4. Clique novamente em “Use Recipe” e pronto!

IFTTT Recipe: Receba os episódios do Mundo Freak por e-mail! connects feed to email

msg

Entre em contato com a gente, deixe seu comentário, sua revolta ou sua solução! Mande e-mails com sugestões, críticas, elogios, spams para contato@mundofreak.com.br ou siga-nos Pelo Twitter e curta nossa página do facebook.

Sobre Andrei Fernandes

Ver todos os posts

Designer, Ilustrador, aspirante a escritor, blogueiro e freak nas horas vagas!

27 Comentários

Participe da conversa →

Facebook

comentários

  • Descontrole Podcast

    FICOU FODA!!! FICOU FODÁSTICO! FICOU DEMAIS!!! somos meio suspeitos para falar de DelDebbio, mas sem ser DELDEBIANO (como alguns comentários q vcs vao inevitavelmente receber) vamos nos atentar ao CAST EM SI: Como é bom poder ouvir um podcast com o deldebbio sem ter q editar a loucura q é uma conversa de 3 horas com ele!!! huauhahuahuahuahu brincadeiras de lado, parabens pro andrei q conseguiu dar uma linearidade muito legal pra conversa, (a gnt sabe como é dificil editar uma conversa dessas!) deu pra pegar um monte de ideias legais, o cerebro explodiu por diversas vezes, e achei sensacional a parte em q comparou-se o caminho do herói do campbell, star wars e cabalah! Queimou pauta do desctrl mas valeu cada segundo! huauhahuauh CONCORDO PLENAMENTE em ter mais capítulos com o deldebbio fazendo essas analogias do mundo pop de entretenimento e ocultismo (campbell é a ponte disso, tem um puta veio de assunto por ai – vai ser fodastico de novo!!!) =D O mundo freak sempre foi legal, e acho q essa parceria com o deldebbio – misturar a vibe do cast com a dele, vai dar sempre uma combinação interessante! DANADOS!!!! SENTA A PUA NESSA PORRA!!!! o/

    • O Del Debbio além de ser um cara genial que tenha marcado muito minha vida na adolescencia com o Trevas RPG é super simpático, como bem sabe. A conversa é praticamente o que foi na integra, nada cortado e fiquei triste de ter que acabar porque a pauta acabou. =P

  • Nilda Alcarinquë

    Olás!

    Entrevista excelente esta do Del Debbio!
    Interessante as colocações dele sobre as semelhanças encontradas entre deuses e mitos africanos e os europeus. Dá muito em que pensar
    E dá um tapa na cara de quem tem preconceito com religiões de origem africana.

    E que decepção a leitura de comentários. Como assim vocês não conhecem o melhor podcast sobre pornografia existente? tsc.. tsc.. tsc…
    Pra se redimirem sugiro que escutem o Caralhinhos Voadores 69, que é um episódio extremamente divertido.

    abraços

  • Ótimo episódio. Me fez pensar e refletir em muita coisa. Mandou bem Andrei e o entrevistado.

  • Wellington

    Adorei o episódio. Ficou de fato muito bom mesmo. Já tinha ouvido outro podcast com ele e vi alguns videos do canal dele no youtube o conheço (não pessoalmente) e acho fascinante suas explicações; Uma sugestão, que tal chamar ele de novo ou mais pessoas da mesma pegada, para falar sobre obras literárias, e escritores com influências de ocultistas. Por exemplo fazer uma análise sobre a obra do Fernando Pessoa e William Blake, 2 escritores que admiro e muito, e que trabalhavam com o ocultismo. Fora que o Pessoa teve contato e desenvolveu uma amizade com o Crowley, tanto que tem até um filme português (que acho que ainda esta na fase de produção, pois é independente) que aborda esse encontro. Se chama: “Hino a Pã – O Último Sortilégio”.

  • Tomy_Lee_Rola

    DENUNCIA! Venho sendo vítima de bullying neste podcast, por vezes meu nome ao ser lido vem sempre seguido de risadas.
    Me faz lembrar o terrível tempo de escola, e a triste hora da chamada.
    Sou descendente de coreano e português, o Lee é da minha mãe e Rola do meu pai.

    Mas vamos ao comentário do episódio.
    Confesso que não conhecia o trabalho do Del Debbio, apenas do projeto dele no Catarse.
    Quando vi título, e sendo próximo ao dia das bruxas, achei que fosse sobre cultos estranhos e tive uma grata surpresa quando o entrevistado abordou toda a simbologia do ocultismo.
    Excelente podcast, parabéns!

    • Não tinha dúvidas sobre o “Rola” ser de seu pai.,

      Obrigado pelo comentário!

  • wagner

    Sou estudante de algumas vertentes do ocultismo, como a Golden Dawn e a Thelema e reconheço em Marcelo del debbio um norte para seguir no cenario do ocultismo brasilleiro. Parabéns Andrei e equipe pela escolha do tema e do convidado!

  • Henrique Campos

    Olá !

    Sem dúvida o melhor podcast do site! Fiquei impressionado com a quantidade de informação que o convidado Marcelo Del Debbio pode me proporcionar, realmente me fez olhar com outros olhos o ocultismo e fico triste por ñ telo conhecido antes. Com certeza esse cast merece uma segunda parte.

  • Saudações seres estranhos que buscam respostas para casos inexplicáveis

    Meu nome é Samuel, tenho 28 anos, trabalho como consultor
    SAP/ABAP e moro em Curitiba, conheço o podcast há pouco mais de 2 meses, e em
    pouco tempo se tornou meu podcast favorito, já indiquei para algumas pessoas
    que também viraram ouvintes assíduos do mundo freak, igual vocês, sou uma
    pessoa que busca explicações para tudo, fico contado os dias para ouvir um novo
    tema, e quando é disponibilizado escuto duas ou três vezes, mas é a primeira
    vez que entro em contato com algum podcast, escuto alguns outros podcasts mas nunca
    interagi anteriormente com nenhum deles, porém esse episódio de ocultismo com
    um convidado realmente de peso me forçou a deixar aqui o meu comentário, sem
    sobra de duvidas foi o melhor episódio do mundo freak já feito, espero que o nível
    só aumente daqui em diante, eu diria que o mundo freak pode ser datado como
    Antes e depois do episódio em questão, agora falando um pouco do episódio, foi
    realmente uma fonte de inspiração para mim, pois compartilho muitos ideais citados
    no mesmo, sem falar no detalhismo envolvendo história e espiritualidade, lado a
    lado, assim podemos ter uma ideia mais concreta da “evolução” ao longo do tempo
    do ser humano em relação a espiritualidade, foi realmente muito enriquecedor
    para mim e acredito que também para muitos outros ouvintes, espero ser forçado
    a participar sempre de agora em diante, e agradeço pela força e dedicação de vocês
    para nos trazer um produto com qualidade, pois sei que não é nada fácil ter um
    lugar ao sol na podosfera, mas sempre com trabalho e dedicação tenho certeza
    que iremos colher os frutos, digo iremos porque me considero da família mundo
    freak, assim como todos os ouvintes, somos uma família freak que pode chegar
    muito mais longe do que imaginamos.

    Um forte abraço para todos da equipe.

    • Que prestígio! Obrigado pelos elogios e prometo que estamos sempre em busca do melhor. Você, assim como todos que gravam e ouvem são da família freak e tem meu total respeito e agradecimento.

  • buhler

    Excelente podcast, o melhor dos episodios com tematica de entrevistado.
    Gostaria muito de ouvir um episodio sobre a Maçonaria, com a triplice, andrei, cetico e believer (olha ai tripice, triangulo maçonaria, sera andrei um maçon?)
    Eu acho que vale a pena um episodio assim, ja que o assunto leva a historias que podem ou nao ser verdades, tipo sacrificios com sangue na iniciação maçon e etc…

    Voltando ao episodio, foi um dos melhores, essa questao de “estar tudo interligado” me parecia muito esoterismo antes, mas o Marcelo conseguiu por tudo com um tom mais cetico,

    Alias foi isso que mais me deixou incrivelmente empolgado, a questão do ceticismo do ateismo que é para ser um dos pontos fundamentais do ocultismo, serem a revelação questões misticas, a palavra Magia empregada por ele me lucidou muito, excelente episodio galera! fico muito feliz por me sentir fazer parte desse grupo, Maçon, cof cof

  • Geisa castro de souza

    http://letras.mus.br/faith-no-more/74515/ – Fica aqui a Dica de Caralho Voador do Faith No More (só os que escutaram a leitura pegaram essa)

  • Keera Moon

    Conheço o trabalho do Del Debbio no Teoria da Conspiração do Sedentário, ele é uma enciclopédia humana de ocultismo. O mais legal é justamente o que ele falou, ele não caga regra sobre as várias vertentes de religiões e magia.

  • Romullo

    Conheço muito superficialmente o sistema rpg de trevas,porém algum livretos eu li e considero que ele soube fazer uma boa interligação de assuntos sobrenaturais, fatos históricos, arte etc …, que é uma licença poética. Mas é querer muito extrapolar isso para fora dos livretos,que é esse papo dele sobre o “ocultismo”. Diante do que ele falou nessa entrevista eu posso inferir algumas coisas: 1) ele não sabe realmente do que ele fala, apenas faz embuste com um pouco de conhecimento cultural/filosófico aqui ou lá e iludi os leigos. E no fim o resultado final é apenas anti-cristianismo barato, e por ironia não difere do estereótipo que ele tanto crítica no seu suposto jogo pequenas igrejas e grandes negócios.
    2) Ele sabe o que está fazendo, apenas induz as pessoas ao erro, ou seja é um satanista consciente.
    Lembro para os que acreditam no transcendente, perder a alma não é muito bom.

    No mais a entrevista foi muito boa, o entrevistado ficou bem avontade, ao menos na edição. Que venham outras entrevistas do mesmo, ou outros entrevistados.
    Um recado para o professor Rafael, esse papo dele de que o inferno é apenas o céu para um dito satanista é um equívoco. O materialismo extremo do homem condena a alma à danação. É bem simples.O homem iludido por coisas vãs do mundo,ousa oferecer a alma ao Diabo em troca delas. O inferno não é recompensa. No mínimo é punição ao tolo que faz mau uso do livre arbítrio. No cristianismo ou judaismo não existe resposta para a existencia do mau. É um mistério de Deus. Lembro aqui uma das passagens da vida de Santo Antão, o santo sofrendo ataques de demonios, rogava por Deus ajuda direta, pedia forças, foi nisso até vencer os imundos. Ao fim viu Jesus Cristo e então perquntou, não me ouviu pedir socorro senhor? Jesus respondeu eu estava aqui todo o tempo vendo você lutar. Isso sim é um verdadeiro mistério. No mais é bom ter cuidado ao estudar certos assuntos. Os ataques do inimigo é principalmente de forma psicológica. Então é bom ter um pingo de discernimento para onde se está indo, apenas ceticismo não é suficiente para se livrar de certos erros.

    • Obrigado pelo comentário e posicionamento, principalmente onde tantos gostaram da participação. Sabe que respeitamos além de tudo a oposição de pensamentos para gerar o debate. Isso é saudável e completamente democrático. Infelizmente gravamos hoje mais cedo a leitura e seu comentário acabou não indo ao ar, então já deixo avisado caso alguém pense que o censuramos ou algo assim. Essa não é nossa vibe.

      Como também sei que você é um comentador assíduo não posso deixar de vir aqui e deixar meu posicionamento quanto ao seu comentário e falar um pouco do que abordou nele.

      Sobre 1) Não saquei muito um anti-cristianismo dentro da conversa, sei que muito dos nossos ouvintes são cristãos. Um deles o meu próprio pai, que mantém uma postura totalmente a favor da entidade histórica/mística do cara da barba. (E olha que ele é bem chato quanto a isso). Então acho que apenas você o notou, mas lendo o resto do comentário noto que você já apresenta uma certa “rixa” ideológica com o cara pelo que você acredita mais do que pelo que ele deixa claro.

      Sobre o pequenas igrejas, grandes negócios: Não passa de uma grande crítica ao comércio da fé. Coisa que concordamos que existe e que de forma alguma essa crítica se refere aos reais cristãos. Tanto é verdade que ele critica em dado momento os esotéricos fajutos que querem prever o futuro e charlatanismo.

      Sobre 2) Não conheço o Marcelo tanto a ponto de afirmar que ele seja um satanista, na verdade pelo teor da conversa ele deixa claro o posicionamento. E sobre “Perder a alma”, bem ,cada um tem sua crença e cabe a pessoa saber acreditar no que pode fazer mal a ela ou não.

      A reflexão rasa do Rafael encosta em uma barreira que vai além do maniqueísmo que alguns acreditam. Esse é o papel dele, afinal é um professor de história e por mais loucuras que ele possa dizer ou não é uma pessoa que sei que respeita a todos. Inclusive aqueles que somos ensinados a odiar logo de cara.

      Também dentro do discurso dentro do programa em nenhum momento abordamos o materialismo. Na verdade falamos bem mais sobre espiritualismo de uma maneira mais abrangente =)

      Sei que pode não concordar comigo (e provavelmente não vai). Meu objetivo aqui não é mudar o que pensa, mas questionar a fim de que o debate seja bacana. De qualquer maneira obrigado e espero você no próximo episódio :)

      • Tomy_Lee_Rola

        Eu sou agnóstico, então acho muito interessante as interpretações religiosas sobre os fenômenos mais diversos e principalmente sobre seus livros guia e como as pessoas tendem a defender de forma ferrenha suas interpretações, mesmo ninguém tendo prova nenhuma (polêmica, hehehe).

        Depois da entrevista fui procurar mais sobre o Del Debbio, li vários textos dele que achei muito bons, boa parte sobre o cristianismo e como é a interpretação ocultista dos textos bíblicos, onde ele também é ferrenho na defesa de sua interpretação. Eu ia sugerir que o episódio de Natal fosse justamente essa releitura do cristianismo sob o conceito de “outros cristãos”. Mas se o ocultismo já gerou polêmica, acho que um episódio de Natal neste formato poderia gerar confrontos e não debates.

  • Rodrigo Araujo

    Escutando pela 3ª vez pra poder absorver o máximo de informação possível , muito material pra estudo !!! ^^

  • Sergio Spatti

    Opa, acabei conhecendo aqui pelo YouPix. Achei muito bom o podcast e estou na maratona de escutar todos (tenho percebido uma evolução legal entre os episódios, o que só me deixa mais ansioso pelos próximos), até então, esse em especial e o da Anabelle são meus favoritos. Adoraria ver (ou escutar?!) uma edição sobre maçonaria, de preferencia com o Marcelo Del Debbio.

    Parabéns pelo ótimo podcast.

  • Adriano Melo

    Olá amigos, primeiro eu gostaria de dizer que eu sou fã do Del Debbio como escritor de RPG e acho ele absurdamente criativo, os livros de Trevas, anjos e demônios fizeram parte do meu caráter rpgistico. Fiquei impressionado com o fato do Andrei ter conseguido essa participação, na verdade não sei o quão atarefado o cara é mas ele é certamente uma presença muito ilustre que só mostra a evolução constante do nosso querido podcast.
    Agora concordar com o que ele falou já fica difícil… Acho que esse papo de hermetismo como a grande explicação do mundo religioso é meio conversa pra boi dormir e tão viajado quanto um criacionista que pega um monte de fatores, faz as ligações do jeito que quer e “voila” descrobrimos a porra toda!
    E por favor não sigam o conselho do amigo aí de cima e esqueçam esse papinho de wicca, cara isso é coisa de pré adolescente, sério. Agora que tal voltarmos aos contos macabros e medonhos?

  • Dyego Mendonça Oliveira

    Parabéns! Primeira vez que comento por aqui. Bom sou mestre em reiki e sempre me interessei por assuntos cabalisticos espiritismo, umbanda e tudo oque pudesse ajudar a compreender melhor o “lado de lá”. Achei HIPER interessante a entrevista com o Debbio pois me fez olhar para essas questões por uma ótica diferente. O cara sabe MUITO, achei até curta a entrevista.

    É interessante como as energias no nosso mundo se integram e mesmo assim tem gente que simplismente ignora isso. Acho que hoje em dia a falta de maniqueismo está em alta nas series e filmes pois é mais próximo do mundo real, ninguem é 100% ruim nem bom, apenas reagimos as situações.

    Seria interessante se o Debbio pudesse gravar drops semanais sobre temas variados (dentro dos conhecimentos que ele possui) coisa de meia hora… aposto que os ouvintes aprovam.
    Grande abraço.

    Dyego M
    28 anos
    Analista IT
    Recife – PE

  • Radoc Lobo

    Ta ai um assunto legal, mas confesso que não manjo do assunto.

  • Raziel

    Excelente episódio. A cada frase do Del Debbio eu ficava mais curioso sobre o assunto.
    Com certeza vou pesquisar mais e gostaria muito de ouvir uma “parte 2″.

  • Rafael Passos

    Um pecado nao colacarem as musicas .

  • Guilherme Sansoni

    CARALHO!!!!! Que podcast foda!!! minha cabaça explodiu umas 4 x durante o episódio, e dentre todos que já escutei sobre Ocultismo essa foi o mais explicativo… o do Papo Lendário ficou foda também, mas lá eu meio que boiei(talvez eu re-escute)… Nessa aula do convidado muita coisa deixou de ser oculta… Como espírita, eu concordo veemente que essa visão religiosa demais da doutrina atrapalha o pensamento científico que Kardec tinha, e que deve ser continuado e questionado…

    • inuyashagui

      Eu acho que faz muita falta a parte de pesquisa, hipótese e teste que o codificador fazia e os espíritas de hoje não fazem mais… na maioria dos centros praticamente aceitam todas as comunicações sem o mínimo de análise e não se estimula a se questionar as entidades, como Kardec fazia…