Mundo Freak Confidencial 22 – Anabelle

Fala freaks!

Após o sucesso de Invocação do Mal, uma sequência foi anunciada e o projeto da boneca Anabelle surgiu. Com isso, trazemos para vocês o compilado de casos estranhos envolvendo essa estranha boneca e seus efeitos malignos no meio demonologista.

Os investigadores Andrei, Guilherme e Igor Alcantara debatem sobre Anabelle e suas influências.

Comentado no Episódio

– Grupo do MFC no Facebook;
– Página do Google+;
– Post dos casos do Casal Warren;
– Paradoxo Fermi;

assine

Cole esse linno seu agregador de feed ou no iTunes na opção “Assinar Podcast” na aba “Avançado“. Se seu iTunes for o mais atualizado apenas coloque “Assinar podcast” na primeira aba do menu. Ou assinar direto pela iTunes Store, clicando nesse link.

E-mail

Se quiser assinar nossos programas e receber mensagens quando um novo episódio é lançado, faça o seguinte:

  1.  Clique no botão abaixo!
  2. Uma nova janela irá se abrir, então clique em “Use Recipe”!
  3. Efetue o cadastro com o e-mail que use com frequência e ao final clique em “Create Account” 
  4. Clique novamente em “Use Recipe” e pronto!

IFTTT Recipe: Receba os episódios do Mundo Freak por e-mail! connects feed to email

msg

Entre em contato com a gente, deixe seu comentário, sua revolta ou sua solução! Mande e-mails com sugestões, críticas, elogios, spams para contato@mundofreak.com.br ou siga-nos Pelo Twitter e curta nossa página do facebook.

Sobre Andrei Fernandes

Ver todos os posts

Designer, Ilustrador, aspirante a escritor, blogueiro e freak nas horas vagas!

26 Comentários

Participe da conversa →

[fbcomments]
  • Mais um ótimo episódio. O MFC está no top dos meus podcasts quando chega o dia – de um total de 40 feeds assinados. Apesar de não ter gostado muito do Mothman, a boneca Annabelle me despertou a atenção desde The Conjering, muito por eu ser crítico de cinema. Seria leviano demais aceitar que ela é de fato possuída por um demônio, mas eu sei que o Mal existe, e tenho minhas dúvidas quantos aos poderes dele.

    Parabéns também por trazer alguém cético para fazer um contraponto. É uma coisa que eu, como podcaster, nem sempre consigo fazer.

    []’s
    TIAGO LIRA
    designer | crítico de cinema | podcaster
    http://umtigrenocinema.com

    • Carlos

      Olha você por aqui que mundo pequeno esse da interne-te.

  • Geisa castro de souza

    Ok, só vou comentar de verdade quando chegar em casa e tirar foto com as duas Annabelle que tenho em casa

  • Tomy_Lee_Rola

    Amy, vc não sabe com quem vc está brincando.
    https://www.youtube.com/watch?v=esog4qkcp1k

    • Guilherme Cardoso

      Bummmm…. cabeça explodindo!!!! Nunca tinha entendido as fantasias deles…hhahaha

  • wagner

    Faço parte do Instituto Pernambucano de Parapsicologia e a cada quinta feira vejo uma evoluçao dos programas,Parabens!!!. Seria possível um programa sobre o tema paranormais, tive a oportunidade de conhecer um famoso paranormal aqui chamado Thomas green Morton e acredito ser ele um dos mais famosos paranormais do mundo.

  • Junior medias

    O cara cético é insuportável quem chamou esse cara meu deus que cara chato, eu não estou dizendo que se deve acreditar tudo eu mesmo não acredito nisso mas porra deixa a parada mas divertida como se fossemos amigos contando historias de terror em volta de uma fogueira dai fica um cara chato de lado falando que é tudo mentira isso não existe e blá blá blá, porra deixa eu sonhar eu sei que não existe mas custa deixar uma pontinha de fantasia nesse mundo insuportável e chato.

    • Junior, o objetivo do podcast é atingir os públicos que acreditam e que não acreditam. Não fique chateado, todo mundo tem seu posicionamento e os ouvintes se sentem representados por um ou pelo outro. É sempre bom ouvir todos os lados. :)

    • Obrigado pelo carinho, Junior. :)

    • Mega Mendigo

      Pô,cara! Entendi o seu ponto,mas acho que você têm que relaxar um pouco!
      Opiniões diferentes só agregam ainda mais aos conteúdos discutidos. Seria bem entediante se todos tivessem as mesmas opiniões sobre os assuntos dos podcasts!(um abraço!)

  • João Lucas dos Santos

    Olá pessoal do mundo freak.
    Parabéns pelo trabalho. Cheguei até você por indicação de um amigo.
    Gostaria de deixar apenas uma dica para quem ouve vocês no trabalho: Algumas empresas tem restrição com relação ao tamanho dos arquivos (aqui na empresa onde trabalho, por exemplo, a limitação é de 50MB), então gostaria de sugerir que vocês também disponibilizassem o arquivo do podcast com uma qualidade inferior, mas que também fosse menor, para situações como a minha.

    Obrigado e parabéns, mais uma vez!

    Att,

  • buhler

    Dae Galera! O Podcast esta cada vez melhor =D é como eu havia comentado anteriormente no grupo, o fato de trazer os ouvintes traz ao Podcast um caracter de pessoas se juntando para juntar casos estranhos, comentar experiencias, é algo totalmente diferente de outros podcasts.

    Eu acho que os Warren queriam justamente isso, juntar evidencias, provas de que realmente os casos sobre naturais existem, eu dou credito a eles, obviamente o dinheiro vem junto XD afinal o MFC vai ficar rico com as camisetas, mas na verdade o objetivo nunca foi o dinheiro para nós…. ou sim ANDREI??? ahuuahhu

    Lembrando que não precisa ir para o sobrenatural para ficar assustado com o mundo, o NATURAL ja é muito estranho, como o video que ja postei no grupo sobre a boneca Ann

    Aonde uma mulher coleciona milhoes de bonecas anabele e se veste igual a uma
    https://www.youtube.com/watch?v=zqFFWc9isGU

  • Gau, o Gárgula

    Saudações Freaks! o/

    Venho aqui dar minha opinião e parabenizar os “casters” sempe muito bons e a edição do Guilherme Cardoso sempre show de bola!

    O caso da Anabelle eu já conhecia, mas “picotado”. Sabia só algumas partes da história e não ela como um todo. Achei muito interessante mesmo todos os pontos da situação.
    São muitos fatos duvidosos ou esquisitos acontecendo ao mesmo tempo, ou em sequência, para ser apenas um monte (tá mais pra uma tonelada) de coincidências. Em minha opinião acho “válido” todo o lance da entidade maligna enganando a todos, manipulando a boneca e etc. E sobre o casal Warren terem levado a boneca e hoje em dia terem tornado em algo lucrativo, sei que faz parecer suspeito, mas não os culpo “totalmente” de tentarem transformar isso em algo rentável. Imagina a renda de alguém q ganha a vida “caçando fantasmas pra viver”?

  • Alessandro Goulart

    Mais um ótimo programa!! Sou do time believers, mas gosto da participação do Igor. Ele dá os contra-pontos na medida certa.

    Fica a sugestão como tema futuro do podcast falar sobre outros objetos tidos como amaldiçoados, como por exemplo:

    – The Dibbuk Box
    – Espelho da Pousada Myrtles Plantation
    – O quadro pintado por Bill Stoneham
    – Os quadros das crianças que choram

    Tem mais um monte de histórias desse tipo.
    Grande abraço!

  • Alessandro Goulart

    Lembrei de mais dois casos de bonecos/bonecas assombrados. Procurem pelos casos:

    – Boneca de Okiku
    – Robert Doll

  • Roberto Santos

    Annabelle já entrou para a cultura popular do terror. Continuem assim com esse ótimo podcast! Só conheci agora e estou procurando escutar os antigos.

  • O dia do podcast me rendeu bastante. Encontrei esse cast que fala sobre temas que eu adoro e estudo, com opiniões diversificadas, e algumas referências bem notáveis.
    Escutei alguns casts já, e este sobre a Emilia do inferno também ( eu compro a camisa da boneca em chamas). Em geral, o Andrei que é believer das coisas sobrenaturais e conspirações diversas, preza DEMAIS por esse lado da crença. Cara, eu gosto de você viver isso com intensidade, mas mesmo que se de a credibilidade necessária, ou até mesmo a dúvida sobre a existência de algo, você também deve considerar o outro lado da moeda, acho até que deveria fazer isso mesmo sendo um crente. Não é que eu não goste do seu posicionamento, mas diversas vezes parece que você só fala que entendeu o lado dos céticos, mas não da a entender que não realmente conseguiu encaixar o posicionamento deles dentro do seu raciocínio. Claro, isso foi somente uma percepção minha, assim como você da a chance do sobrenatural existir, há também a possibilidade de ele ser nulo.
    Agora depois dessa opinião fecal, os devidos elogios, parabéns pelos casts, parabéns pelas edições e pelo clima que eles proporcionam, não sou um crente do sobrenatural, mas esses assuntos me instigam, talvez até eu achar algo concreto ( não sendo a boneca ta bom). Um abraço do seu mais novo ouvinte.

    • Seja bem vindo Mecha. =)

      Sobre crenças, fica complicado. Ser cético ou believer de um assunto varia de temas e da percepção de cada um. Quando acho que algo é “esquisito”, não necessariamente preciso acreditar que realmente é um e.t., fantasma ou demônio. É claro que nesse podcast tive que contrabalancear com o ceticismo do Igor e deve ser considerado como uma conversa entre opiniões. Não uma verdade obsoluta ou cagação de regra. Mas entendi seu ponto e espero próximos comentários seus. =)

      • Devia ter perguntado se ele ficaria numa sala sozinho com a boneca, haha

  • Lucas Balaminut

    Quando eu era intercambista, uns 6 anos atrás, minha host family me levou pra um museu da Raggedy Ann em Illinois – até hoje não entendo o porque. Cara… que parada bizarra! O museu é um mega celeiro de madeira abarrotado de Raggedy Ann e sua versão masculina. Milhares e milhares de bonecas de pano mofadas e empoeiradas, de todos os tamanhos, todas olhando pro centro do celeiro onde está um podium de observação. Os americanos mais velhor adoram essa COISA medonha. Eu achei bizarro.

  • Muito interessante conhecer a história real. Acho que se o filme tivesse usado uma boneca parecida com a original seria mais assustador. Vai dizer, a original não é assustadora, parece indefesa, e por isso seria muito mais assustador ela se mexer e andar por ai hehehe

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

  • Agatha Gonçalves

    Foi por esse cast que eu conheci o MFC e sinceramente eu jamais imaginei que um dia eu iria me apegar a uma coisa, mas realmente eu me apeguei ao MF.
    Nunca fui fã de nada, nunca tive vontade de colar posters no meu quarto ou de entrar em um site diversas vezes para ver se alguém postou alguma coisa, mas aqui no MF eu me sinto em casa e me sinto feliz em me comunicar com pessoas doidas como vocês que produzem o cast e também de “discutir” com os coleguinhas que estão sempre por aqui. É muito divertido e me sinto parte disso tudo já.
    Enfim, dessa vez eu só queria que vocês soubessem da importância que vocês podem ter na vida de uma pessoa, pois isso não é balela, é realmente interessante como uma coisa pode nos envolver dessa forma.
    Obrigada por me deixarem “fazer parte” disso tudo.

    Ps: ADORO esse cast.

    #MaratonaMF #ORetorno

    Beijooos

    • Buhguul

      concordo

      mas eu nunca tinha pensado em colocar posteres do MF no meu quarto

      • Agatha Gonçalves

        Jamais colocarei UAshUAHsiuAs

  • Buhguul

    Esse casal Winchester 22 acabou sendo uma grande decepção para mim. Eu tinha a imagem de que eles eram pesquisadores sérios, mas muita coisa cheira a fraude depois de pesquisar um pouco mais a fundo.