Artigo

[Recomendação] Tá no Ar: TV na TV

Nunca me imaginei fazendo um artigo sobre um programa da TV Globo nesse blog. Não me entendam mal, não sou mais um desses anti-globo achando que a emissora é a causa dos males do mundo, nem que ela seja dominadora da ditadura da opinião atual.

Meu nariz torcido se deu por outros motivos: O primeiro, por não concordar com certos posicionamentos da emissora. Outro por realmente não assistir TV aberta a um bom tempo. Anos aliais.

É certo que depois do surgimento da internet, a TV perdeu espaço da audiência que tinha. Pelo menos se tratando de jovens, que preferem trocar mensagens por facebook e assistir youtube e Netflix. Estamos lidando com uma nova mudança de mercado que tanto vem acontecendo por aí. E a globo decidiu enfrentar isso se fechando no seu próprio mundinho televisivo, mundinho esse cercado por um conservadorismo autoritário bastante vergonhoso.

A notícia de estreia desse programa, para pessoas como eu, foi completamente fria. “Mais um programinha de comédia se graça da TV Globo“, que tanto decaiu nos últimos anos. Logo ela, que em um passado não muito distante tinha pérolas de ousadia e qualidade como TV Pirata ou os primeiros anos do Casseta e Planeta. O dito talvez humor inteligente?

Humor inteligente esse que não existe. Comédia é comédia, não importando se fala sobre a situação do país ou sobre uma simples peixada na cara em câmera lenta. Sou a favor do humor que te faz rir, e como cada um tem seus gostos é natural que cada um tenha suas preferências para desestressar. O mundo é cruel demais para não poder dar umas risadas no final das contas.

11abr2014---em-ta-no-ar-a-tv-na-tv-ate-a-galinha-pintadinha-se-transformou-em-galinha-preta-pintadinha-em-referencia-a-macumba-1397188701325_720x480

E é com grande surpresa que trago a indicação dessa estréia, que pode ser assistida completinha aqui.

A proposta do programa é completamente metalinguístico, ácido e ousado. Seguindo a programação “fictícia” de uma tv comum, viajamos por um mundo de emissoras e programas com esquetes rápidas e dinâmicas. Talvez não tanto para quem seja nascido na internet, mas o suficiente para talvez assustar os espectadores tão acostumados com novelas de mais de 300 episódios de duração.

Adnet chama vários dos humoristas da geladeira da globo para compor a equipe e o que se tem é o caos.

Pela primeira vez desde que nasci, vi a GRANDE TV Globo fazer uma referência a outro canal. E não só um, como vários. Com direito a Marcelo Rezende e seu alarmismo sem sentido e um incrível Silvio Santos em uma das maiores mensagens de auto crítica que eu já vi, “O que eu estou fazendo nesse canal?”

Piadas infames como quando uma foca de pelúcia é jogada na cara do apresentador quando ele exclama “foca em mim!” divide espaço com crítica política referenciando os Mensaleiros. Ninguém é poupado, até mesmo os anti-globo entra na dança e em diversos momento um típico genérico começa a reclamar da programação “sem conteúdo” da Globo e uma “fã” do Adnet reclama dele ter sido melhor na MTV.

TV na TV ainda fecha com chave de ouro falando mal do “politicamente correto” na cena pós créditos. É meus queridos, Rede Globo agora faz piada com religião.

Conclusão: Ainda mantenho todo meu posicionamento com relação a emissora, mas Tá no Ar: TV na TV é uma grata surpresa. Adnet acerta em sua segunda tentativa. Algumas esquetes ainda não são meu tipo de humor, mas seria mentira se eu dissesse que não me diverti assistindo. É  um programa de vanguarda para o canal que pode ou não dar certo, mas que com toda a certeza merece ser acompanhado.

MUNDO FREAK NO APOIA.SE