Artigo

Samurai X de novo e em dobro


O clássico mangá/anime que ultrapassou barreiras continentais e virou um clássico instantâneo aqui no Brasil, apesar dos cortes e pulos de episódio (vamos combinar que culturalmente é inaceitável a quantidade de sangue num quadro para crianças), passando nas manhãs da Globo e nas tardes do Cartoon Network.

Para quem não sabe ou não se lembra. O enredo da série se passada com Kenshin Himura vageando pelo Japão e encontrando o dojo Kamiya, onde a jovem Kaoru lecionava Kendo. A errante caminhada do rounin Kenshin tinha um único propósito, ele se sente culpado pelas inúmeras vidas que tirou durante o fim do Shogunato, a guerra terminou na vitória da monarquia e se instaurou um momento de paz e evolução japonesa. Ele foi conhecido como Battousai, o retalhador,  uma lenda nos campos de batalha. Por isso prometeu a sí mesmo nunca mais retirar uma vida, empunhando uma espada com a lâmina ao contrário, para garantir isso enfrentando novos e velhos inimigos.

Vale ressaltar que Kenshin, em nenhum momento de sua vida foi samurai. Entre as classes de guerreiros do Japão feudal, Kenshin ficaria melhor definido como um ronin ou “rurouni” que segundo Watsuki, significa “andarilho” (a palavra “rurouni” não existe propriamente em japonês; na verdade é um trocadilho do autor com a palavra ronin), portanto o título da série poderia ser traduzido como “Kenshin, o andarilho”.

E para completar as informações básicas, foi escrito por Nobuhiro Watsuki,  pela Shonen Jump. Totalizando 28 encadernados (56 aqui no Brasil).

Sobre a animação, permaneceu um mistério por algum tempo.  Será um remake da saga Kyoto, dividido em dois OVA (Original Video Animation) e será lançado o primeiro agora em dezembro nos cinemas por lá. Será produzido pelos estúdios DEEN e manterá quase totalmente a equipe original de dublagem. Como revelado o site oficial: http://www.kenshin-tv.com/ Confira o Trailer:

 

Difícil não sentir certa nostalgia e empolgação com essa trilha sonora, mas não me acostumei com o novo traço, e olha que não sou de ficar remoendo coisas antigas, simplesmente não me agradou. Se você quer trazer o velho para o novo, tem que adaptar, refazer sim. Está  com o visual menos sujo e muito mais colorido, seguindo essa onda dos animes modernos de olhos cor de jóias e roupas parecendo comercial de sabão em pó. Mas verei com toda a certeza dando uma chance para o remake.

E para completar, 25 de agosto de 2012 será lançado o filme live action do retalhador de cabelos laranjas nos cinemas. Abaixo o trailer.

 

Agora sim! Chega de cosplayers com a cicatriz pintada de canetinha marrom, isso sim é uma cicatriz de verdade, parabéns ao pessoal da maquiagem, está perfeito!

Sobre o trailer? Empolgante, e promete ser um mega filme de samurai no melhor estilo do gênero. E olha que até a espada gigante de Sanosuke que achei que poderia ficar galhofa ficou bem legal e discreta. Está bem adaptado, coisa que só japonês sabe fazer com suas obras. (Imaginei um filme americano de Samurai X bleargh!)

Mas é isso pessoal, está sendo uma ótima homenagem aos 15 anos que a série, que completa nesse ano de 2011. Estarei ansioso para ver o andarilho com cicatriz em forma de “X” novamente.

E o Japão realmente de parabéns, Evangelion, Berserk, Gantz. O pessoal sabe como agradar os fãs.

 

MUNDO FREAK NO APOIA.SE